Jesus abençoa as crianças

Meditação de Martim Lutero

01/01/1983

Leia em sua Bíblia: Marcos 10.13-16

“E então, tomando-as nos braços e impondo-lhes as mãos, as abençoava”. (v. 16)




Por que será que ele não toma nos braços um marmanjo, um rei, ou, então, qualquer um dos santos? Acontece que ele toma uma criança, na verdade uma criança bem pequena, que ainda não tem muita compreensão das coisas, e a abraça . Como isso deixa claro que seu reino é das crianças e que ele, o Senhor, é um duque e príncipe das crianças e deseja estar com elas. Com isso também quer dizer o seguinte: Se quiserem saber quem é o maior, já lhes digo: Se vocês ouvem de mim, são grandes, pois eu sou tudo; e quem receber a mim, recebe o Pai, Criador do céu e da terra; sim, recebe, ao mesmo tempo, céus e terra. Recebe a Deus, como todos os seus dons.

Assim aconteceu que a gente recebe, em primeiro, o menino, Cristo, e, por meio dele, o Pai celeste. Pois não ficarei para sempre entre vocês corporalmente, diz Jesus. em razão disso, quero pôr outra coisa diante de seus olhos, algo que vocês devem estimar como estimam a mim, a saber: “Qualquer que receber uma criança tal como esta, em meu nome, a mim me recebe, e quem receber a mim, recebe a meu Pai”.

Por que, então, deveria eu procurar a Cristo lá longe, ou até mesmo subir aos céus na ânsia de encontrá-lo? Tenho diante de mim tantas crianças cristãs que são imagem e morada de mau amado Senhor Jesus Cristo. Vendo a estas, estarei vendo o próprio Cristo. Se ouço o que dizem, estarei dando ouvidos a Cristo. Se lhes ofereço um copo de água, estarei dando de beber a Cristo. Se lhes dou de comer, estarei alimentando a Cristo. Se lhes dou o que vestir, estarei vestindo a Cristo. E assim, na igreja cristã, terei o mundo cheio de Cristo. Toda vez que olho e vejo crianças cristãs, vejo a Cristo. Se eu pudesse crer nisso!
 

Veja também:

Assunto Passagem Bíblica
Tema: A Glória de Deus sobre a Criança
Sabei que o Senhor é Deus Salmo 100
Glória de Deus sobre a criança Lucas 2.41-52
Era-lhes submisso Lucas 2.41-51
O Quarto Mandamento Colossenses 3.18-25
Ganhar o Céu ou o Inferno nos próprios filhos Mateus 18.1-9
Se vocês não se tornarem como crianças Mateus 18.1-9
O limite da obediência João 2.1-11
Jesus abençoa as crianças Marcos 10.13-16

Voltando ao Castelo Forte - 1983


Autor(a): Martim Lutero
Âmbito: IECLB
Testamento: Novo / Livro: Marcos / Capitulo: 10 / Versículo Inicial: 13 / Versículo Final: 16
Título da publicação: Castelo Forte / Editora: Concordia Ltda/Editora Sinodal / Ano: 1983 / Volume: 1
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Meditação
ID: 20128
REDE DE RECURSOS
+
Quando eu sofro, eu não sofro sozinho. Comigo sofrem Cristo e todos os cristãos. Assim, outros carregam a minha carga e a sua força é também a minha força.
Martim Lutero
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br