Liturgia de Sepultamento e Alocução - João 11.25-27

Caderno de Cultos 2020 - Sínodo Mato Grosso

30/12/2019

Sepultamento
Liturgia e mensagem de sepultamento
Miss: Sergio Rocha Chapadão do Céu GO

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Estamos reunidos neste momento para celebrar a esperança em meio a despedida de nosso irmão(a)
______________________________________ (nome completo do/a falecido/a). Como comunidade se colocamos ao lado dos familiares enlutados.
Nos reunimos neste momento em Nome de Deus, Pai, Filho e Espírito Santo, Amém.

Ouçamos as palavras de consolo que nos são transmitidas pelo Rm 14.7-9.

CANTO DE ENTRADA

Hino: 237 HPD I Graças dou por esta Vida.
Ou: Nº ____________________________________________________

ORAÇÃO
Deus, cremos que tu estás perto de todos que te invocam. Somos-te imensamente gratos por podermos chegar a ti por meio da oração. Neste momento, cercados de dor, tristezas, luto, pedimos que a tua presença e palavra sirva de consolo aos corações dos familiares enlutados, e amigos e conhecidos através da tua palavra, do teu amor e cuidado, mediante Jesus Cristo nosso Senhor e Salvador, e o Espirito Santo o nosso consolador Amém.

MENSAGEM:

Referência: Evangelho João 11.25-27

Jesus, tinha uma amizade muito bonita com a família dos irmãos Marta, Maria e Lázaro que morava em Betânia. Certo dia Lázaro ficou muito doente, ao ponto das irmãs enviar um mensageiro para avisar a Jesus dizendo Senhor, aquele a quem amas está doente. Era uma família amada por Jesus e ao saber da doença de Lázaro Jesus ficou dois dias onde estava.

Jesus se dirigiu a Betânia Lázaro já havia morrido, as irmãs estava tristes com a perda tudo não fazia mais sentido. Quando Marta soube que Jesus estava chegando ela saiu ao seu encontro com a cabeça cheia de indagações e dizia se o Senhor estive aqui meu irmão não teria morrido. Nestes momentos de perdas gira em nossa cabeça tantos questionamentos se eu tivesse feito isso ou aquilo entre outras perguntas e pensamentos! Nada disso teria acontecido. Jesus diz Eu sou a Ressureição e Vida quem crer em Mim ainda que mora viverá foi num contexto de morte, de tristeza, que Jesus afirma que Ele é a ressureição e a vida, Jesus tem poder sobre a vida e a morte.

A morte impõe a nós todo um silêncio de devoção. Deus nos levou a este lugar para nos mostrar a nossa vaidade e que Ele Senhor sobre a vida e a morte. Não queremos chorar lamentar como os que não tivéssemos esperança alguma. Nesta hora lembremo-nos da Palavra de nosso Salvador Jesus: Venham a mim todos que estais cansados e sobrecarregados, eu vos aliviarei Mt 11.28.

Ele quer também aliviar hoje a vós todos por sua Palavra que acabamos de ouvir e que hoje, em vista da morte da despedida de um ente querido.

Jesus Cristo fala de viver e morrer, é justamente duas palavras, em que giram hoje em nossos pensamentos.

Mas Jesus tem pensamentos bem diferentes do que nós sobre a vida e morte.

Quase todas as pessoas, em vista da morte, são tomadas de angustia e desespero, mesmo sabendo que ninguém escapa de morrer. Cf Hb 9.27
Imaginemos um médico que estivesse descoberto o remédio contra a morte: As pessoas não poupariam nem tempo e nem dinheiro para se consultar com este médico buscando a vida.

Caros amigos e amigas temos, nós temos o tal médico: Jesus Cristo, e gratuitamente recebemos o remédio que nos salva da morte. Eis aqui o remédio recomendado por Jesus; Quem vive e crer em mim, jamais morrerá.

A fé em Jesus cristo é o remédio desejado por todos nós.
Muitos podem estar perguntando os cristãos não morrem Jesus diz quem crer em mim, viverá, ainda que morra.

Portanto, Jesus fala de uma vida que mesmo na morte não termina. Essa não é a vida que consiste em comer e beber, mais é vida que procede de Deus. É a vida que Deus ofereceu também para cada um nós, no batismo, na pregação da sua Palavra e na santa Ceia.

Eu sou a vida disse o Senhor Jesus, e nós todos sabemos que realmente Ele teve de morrer, mas por isso já aqui Ele acentua; eu sou a ressurreição. A ressurreição de Jesus sirva de consolo a todos nós, assim na vida como na morte.

Jesus morreu a nossa morte para nos dar a vida, a vida eterna, para os cristãos a morte não tem a última palavra, mais sim a vida.

Mais severamente, porém, Deus falou com vocês caros enlutados, que sofreram uma perda insubstituível.

Portanto aquietemos o nosso coração e ouçamos igualmente o consolo da Palavra de Deus, de João 14.1-6, onde Jesus Cristo nos diz: (Ler o texto) Amém.

HINO: 174 - HPDI Por tua mão me guia

Confissão de Fé
Creio em Deus, Pai todo-poderoso,
criador do céu e da terra
E em Jesus Cristo, seu Filho Unigênito, nosso Senhor, o qual foi concebido pelo Espírito Santo, nasceu da virgem Maria, padeceu sob o poder de Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado, desceu ao mundo dos mortos, ressuscitou no terceiro dia, subiu ao céu, e está sentado à direita de Deus Pai, todo-poderoso, de onde virá para julgar os vivos e os mortos.
Creio no Espírito Santo, na santa Igreja cristã, a comunhão dos santos, na remissão dos pecados, na ressurreição do corpo e na vida eterna. Amém.

ORAÇÃO
Querido e amado Senhor, nosso Bom Pastor, nós te suplicamos por teu consolo neste momento de despedida. Dá-nos o teu consolo através da tua Palavra, através da certeza da ressureição, Vem Senhor a nós com a tua paz, livra-nos do medo, e abençoa-nos com novas forças, coragem, esperança e fé. Dá-nos a certeza de que nada poderá nos separar do Senhor, somos teus na vida e na morte. Amém.

LEITURA DOS DADOS DA PESSOA FALECIDA E DESPEDIDA (Ler os dados conforme Folha de Dados recolhida anteriormente).

AVISO – ORAÇÃO MEMORIAL (caso já tenha sido marcada a data). Na Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil temos o costume de orar pelos familiares do falecido(a) colocando diante de Deus para que família continuem a receber o consolo de Deus. Por isso, convido à todos para no dia _____/_____/_____ participarem do culto com oração memorial de _________________________________ (nome completo do/a falecido/a) na Comunidade__________________________________ (citar nome e endereço da comunidade).
Todos são convidados e bem vindos.
Os familiares e amigos podem, neste momento, se despedir e, em seguida, nos dirigimos ao cemitério.

LITURGIA NO CEMITÉRIO

SAUDAÇÃO E BREVE MENSAGEM.

Texto de Apocalipse 21.1-5

O texto traz uma reflexão de uma nova criação onde não haverá mais morte, nem tristeza, nem choro, nem dor, pois antiga ordem já passou.

BAIXAR O ESQUIFE Á SEPULTURA

Enquanto o esquife é baixado a sepultura cantemos um hino, durante o canto familiares e amigos podem jogar flores se assim desejarem.

HINO: 216 HPD I - Se as agua do mar da Vida.
Ou: Nº ____________________________________________________
Após o hino, o oficiante diz: E aqui entregamos __________________________ (Nome do/a falecido/a) à terra
Terra a terra, cinza às cinzas, pó ao pó, na esperança da ressurreição dos mortos, mediante Jesus Cristo, nosso Senhor. Amém.

ORAÇÃO PAI NOSSO

BENÇÃO: Que Deus nos abençoe e nos guarde; Que Ele faça resplandecer o seu rosto sobre nós e tenha misericórdia de nós. Que o Senhor sobre nós levante o seu rosto e nos dê e nos acompanhe com a sua paz. Amém.


Autor(a): Missionário Sérgio Rocha
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Liturgia
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2020
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 54837
REDE DE RECURSOS
+
Ó Deus, meu libertador, tu tens sido a minha ajuda. Não me deixes, não me abandones.
Salmo 27.9
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br