Liturgia para Sepultamento

11/09/2019

1. LITURGIA DE ENTRADA
A. SAUDAÇÃO: Que a graça do nosso Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus, o Pai, e a comunhão do Espírito Santo sejam com todos os irmãos e as irmãs, em especial, com vocês a família enlutada. Reunimo-nos em nome e na presença do Trino Deus, do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.
B. Lembramos o nosso socorro, auxílio, conforto e consolo ele vem do Senhor que criou o céu, a terra e a todos nós. Estamos reunidos para nos despedir de nosso/a irmão/ã, o seu _____________________. Seu falecimento súbito, repentino traz tristeza e dor para a família e para todos os que tinham amizade com ele/a.
C. Estamos reunidos como comunidade cristã, que crê e confia que a morte não tem a última palavra sobre nós. Cremos e aguardamos a salvação e a vida eterna e buscamos o consolo na Palavra de Deus. Jesus Cristo diz em João 16.33b: “No mundo vocês passam por aflições; mas não tenham medo, eu venci o mundo.” Este consolo não nos deixa sozinhos num eterno sofrimento. Cristo é nossa esperança!
D. ORAÇÃO: Deus e Pai! Olha misericordiosamente para todos nós que estamos profundamente abalados por causa da súbita morte de nosso/a irmão/ã. Ajuda-nos a confiar em ti em meio à dor e desespero. Consola e fortalece a/o esposa/o e os filhos/as, e desperta a solidariedade na tua comunidade para que todos sejamos um ombro amigo para o apoio e para a ajuda. Revela a tua presença amorosa aos enlutados e orienta-os nas horas de aflição através da tua Palavra. Desperta nossa confiança no Senhor e Salvador Jesus Cristo, que nos conduz à morada eterna. Amém
CANTO CORAL
Leitura dos dados da pessoa falecida


2. PREGAÇÃO/ ALOCUÇÃO
A. INTRODUÇÃO: Prezada Comunidade, prezados familiares enlutados! Profundamente consternados e entristecidos nos reunimos aqui. A morte repentina e Inesperada de nosso/a Irmão/ã, nos mostra toda a nossa limitação humana e terrena; nos mostra quão pouco somos capazes de dirigir e determinar os passos de nossa vida.
B. Hoje nos despedimos de nosso/a irmão/ã na fé, o seu ______________________ que viveu entre nós por _____anos, _____meses, _____dias. Pelo fato deste falecimento, vocês familiares se encontram em dor e tristeza.
C. Nesta hora de despedida e dor, quando pranteamos a dor da despedida, não podemos deixar as lágrimas nos ofuscar a visão de vermos a bondade de Deus, que ofereceu _____ anos de vida para o seu ______________ . Foi bênção de Deus. E através do seu _________________, Deus também pode abençoar os familiares. Por tudo isso nós só podemos agradecer a Deus.
D. Nesta hora de despedida, eu quero lembrar as palavras Bíblicas do Salmo 31.24, que dizem:

LEITURA BÍBLICA SALMO 31.24
24. Sejam fortes e tenham coragem, todos vocês que põem a sua esperança no Senhor!

E. Prezados familiares enlutados! Sejam fortes e corajosos... É fácil ser forte e corajoso quando se está em vantagem, quando se está bem. Quando o adversário facilmente pode ser derrotado.
F. No entanto, de onde tirar força e coragem para enfrentar a situação de morte de uma pessoa que se ama e se quer bem? Como ser forte e corajoso diante da morte? A palavra de Deus nos ensina: Sejam fortes e corajosos... ...vocês que têm esperança no Deus Eterno! Eis aqui a fonte da força e coragem.
G. O Deus Eterno nos possibilita sermos mais fortes do que todas as dificuldades, inclusive a morte. A palavra de Deus não nos consola com o fato de nós todos estarmos trilhando para a morte. O que consola então?
LEITURA BÍBLICA DE JOÃO 10.11; 17-18
11. Eu sou o bom pastor; o bom pastor dá a sua vida pelas ovelhas.
17. O Pai me ama porque eu dou a minha vida para recebê-la outra vez.
18. Ninguém tira a minha vida de mim, mas eu a dou por minha própria vontade. Tenho o direito de dá-la e de tornar a recebê-la, pois foi isso o que o meu Pai me mandou fazer.
H. O que nos fortalece e encoraja é que o Deus Eterno venceu a morte por nós em Jesus Cristo. Jesus Cristo acabou com o poder da morte. Ele foi crucificado em nosso lugar para que nós possamos sempre voltar e procurar abrigo nEle. Para que cada um de nós tenha o perdão dos pecados, das falhas e dos erros, para que tenhamos paz com Deus e com os outros.
I. Ele é o Deus redentor e Salvador, ele é o Senhor de toda a terra. Este é o nosso consolo: que Jesus não ficou debaixo do poder da morte, na sepultura, mas ressurgiu, vive de eternidade a eternidade; Ele vive!
J. E Ele quer que vivamos e tenhamos esperança e consolo nEle, porque ele é o Bom Pastor que dá a vida pelas suas ovelhas, para que elas sejam salvas, para que alcancem misericórdia e vida eterna.
K. Quando ele novamente voltar ressuscitará para a vida eterna todos aqueles que nele confiaram, todos aqueles que vivem e testemunham o seu evangelho.
L. Este é o nosso consolo e a nossa força neste momento difícil que é enfrentarmos a morte, porque todos os que partem também tem a esperança da ressurreição. Cristo está aqui! Ele vive. Vamos nos entregar a Cristo e viver com ele, porque ele nos dá nova vida e vencerá os dias de tristeza e de sofrimento. Toda pessoa que confia nEle, nEle também encontra consolo coragem firmeza e salvação.
M. Viver neste mundo sem Deus é ficar sem resposta, sem consolo, sem firmeza, sem coragem e sem salvação diante dos limites da existência. Viver com Deus é viver no consolo, na esperança, na coragem e no caminho da salvação.
N. Na esperança do Deus-Salvador queremos nos despedir do seu _________________, confiando-o/a nas mãos e aos cuidados de Deus. Que Deus o/a tenha! Que Deus cuide dele/a e que o Espírito Santo venha agir no coração de todos nós para nos confortar. Amém.
CANTO CORAL
O. ORAÇÃO: Eterno Deus, Senhor sobre vivos e mortos, nós nos inclinamos diante de ti e entregamos nosso/a irmão/ã em tuas mãos. Agradecemos por todo o bem que fizeste a ele/ela nos tempos bons e nos tempos difíceis. Agradecemos também por tudo o que o seu ________________ significou para todos nós. Aceita-o/a graciosamente e completa nele/a tua obra eterna. Não nos deixe duvidar do teu amor.
P. Suplicamos por todos os familiares. Consola-os através da palavra da ressurreição. Que possam depositar sua esperança em ti. Fortalece-nos para que sempre lembremos que não somos eternos neste mundo, mas que tu queres nos conduzir, através de Cristo, para a tua eterna glória.
3. DESPEDIDA
Q. Nós nos despedimos do seu _________________________.
Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo que, segundo a sua a muita misericórdia, nos regenerou para uma viva esperança mediante a ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos.
O Senhor guardará a tua saída e a tua entrada, desde agora e para sempre.
Paz seja contigo. Amém.
CANTO CORAL
4. NO CEMITÉRIO
Por isso tenhamos confiança e cheguemos perto do trono divino, onde está a graça de Deus. Ali receberemos graça e misericórdia sempre que precisarmos de ajuda.
A. Prezados irmãos/ãs! Hoje somos convidados/as a nos dirigir a Deus em confiança e coragem. Então vamos encontrar misericórdia - atitude de aceitação calorosa de Deus para com a gente. Encontraremos Ajuda.
B. Sejamos corajosos e cheguemos perto do trono divino, onde está a graça de Deus. Ali receberemos misericórdia e encontraremos ajuda sempre que precisarmos dela. Hb 4.16. Receberemos ajuda de familiares, de amigos, da comunidade, ajuda de Deus.
C. Prezada família enlutada, toda vez que nos reunimos em torno de uma sepultura nós o fazemos para nos despedirmos de alguém que partiu de nosso meio. A ação de Deus é o nosso consolo.
D. Através de Jesus, Deus venceu a morte. E pela fé nós temos parte na vitória de Deus sobre a morte. Participamos, assim, da vida que Deus cria, participamos do seu reino, participamos da vida eterna. E por isso não precisamos temer a morte. O apóstolo Paulo, em sua carta aos romanos nos escreve dizendo: “Eu tenho a certeza de que nada pode nos separar do amor de Deus, nem mesmo a morte. Em todo o mundo não há nada que nos possa separar do amor de Deus que é nosso por meio de Jesus Cristo (Rm 8. 38-39).
E. E é por isto que nesta hora nós nos devemos deixar guiar pelo Evangelho de Jesus Cristo. Visto que na cruz de Cristo nós temos a vitória da vida sobre a morte. Com a ressurreição de Jesus Cristo nós podemos ter a certeza de que a morte não é o fim de tudo. E por isto nós também não vamos chorar e lamentar como aqueles que não têm esperança alguma.
F. Por isto nesta hora difícil, como corpo de Cristo, como comunidade Cristã vamos afirmar a vitória da vida sobre a morte, ainda que tudo pareça o contrário. Como cristãos ousamos colocar nossa confiança, nossa fé e nossa esperança na Palavra de Deus. Palavra que se encarnou e que venceu a morte, em favor de nós e de todas as pessoas deste mundo. Amém.
CANTO
Nº 3 – Graças dou por esta vida
A. SEPULTAMENTO: Entregamos o/a nosso/a irmão/ã nas mãos salvadoras de Jesus Cristo. Queremos fazê-lo na certeza de que “se vivemos, vivemos para o Senhor. Se morremos, é para o Senhor que morremos. Tanto faz se vivemos ou morremos, pertencemos ao Senhor. Foi para isto que Jesus Cristo morreu e ressuscitou: para ser Senhor dos vivos e dos mortos”. Terra à Terra, Cinza à Cinza, Pó ao Pó! Na certeza da ressurreição para a vida eterna, mediante o nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. De terra fostes formado e a terra tornarás. Jesus Cristo nosso Salvador te ressuscitará.
B. BAIXAR O CAIXÃO
C. ORAÇÃO: Eterno Deus, misericordioso Pai! Através de Jesus Cristo venceste a morte e nos convidaste para o teu eterno Reino. Dá-nos a certeza de que pertencemos a Cristo tanto na vida quanto na morte, e que ele nos conduz para a vida eterna. Mais uma vez intercedemos em favor dos familiares enlutados. Concede-lhes o teu auxílio e o consolo da tua palavra. Sê com os familiares. Sê com cada um de nós. Abençoa e nos guarda hoje e sempre. Em nome de Cristo Jesus. Amém
CANTO
Nº 05 – Segura nas mãos de Deus. (sepultura é fechada). Relembrar dados da pessoa falecida.
5. LITURGIA DE DESPEDIDA
A. BÊNÇÃO - O Senhor nos abençoe e nos guarde, o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre nós e tenha misericórdia de nós. O Senhor sobre nós levante a sua face e nos dê a sua Paz. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.
B. ENVIO - Vamos todos na paz do Senhor. Amém.
Cumprimentar familiares


Autor(a): Missionário Rafael Fernando de Oliveira Carneiro
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Liturgia
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2019
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 53202
REDE DE RECURSOS
+
Deus é maior do que o nosso coração e conhece todas as coisas.
1João 3.20
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br