Dia Mundial de Oração pela Diaconia - 26 de dezembro de 2011

Dezembro de 2011

09/12/2011

Dia Mundial de Orar pela Diaconia

O dia 26 de cada mês é o dia mundial de orar pela Diaconia,
 data oficializada pela Diakonia Mundial,
 organização da qual a Diaconia da IECLB é membro.

26 de dezembro de 2011

 

Saudação: Acolho-vos com as palavras do Apóstolo Paulo em Filipenses 4: Estejam sempre alegres na sua vida, unidos com o Senhor. Repito: Alegrem-se!!! O Senhor virá logo (Filipenses 4.4-5). Por isso, alegremo-nos porque novamente podemos anunciar:
É Advento... O Senhor Vem!
Assim nos reunimos na presença deste Deus que é Pai, Filho e Espírito santo. Amém.

Hino:

Oremos: Amado Deus, tu nos convidas a celebramos mais um Advento. Que esta época nos permita sentir e viver a verdadeira esperança, a paz e o amor que brotam somente da fé em ti. E que ao relembrarmos o teu nascimento confiemos na tua promessa e vivamos de acordo com a tua vontade.
Amém.

Leitura Bíblica: Lc 2.9-12

Mensagem: O anjo que pedia aos pastores: não tenham medo, também nos diz ainda hoje: não tenham medo porque hoje, na cidade de Davi, nasceu o salvador de vocês, o Messias. Advento é o tempo em que nos preparamos e esperamos a chegada deste menino nascido em Belém. É tempo de alegria, gratidão e esperança para todas as pessoas que creem. É tempo de olhar para a vida e reconhecer nela o agir de Deus e a sua fidelidade mesmo em meio às tribulações e dificuldades do dia a dia. É tempo de renovar os sonhos e fortalecer a esperança. Tempo de gostosas recordações como as bolachas de Natal feitas pela vovó, as visitas às pessoas idosas da comunidade, tempo de arrumar a casa, cortar a grama, escolher o melhor pinheirinho para enfeitar a casa, enfim...

Advento é tempo de refletir e preparar-se para a chegada do menino Jesus, mas é tempo de recordar também tais práticas que mesmo sem serem ditas demonstravam a preocupação de preparar-se para o nascimento deste menino tão especial e esperado por todos.

O tempo mudou. Os presentes já não são os mesmos. A simplicidade dos gestos deu lugar a práticas corriqueiras, superficiais. É tão fácil ir ao supermercado e comprar um simples presente, qualquer um, dependendo apenas do dinheiro que se quer ou se tem para gastar. A visita, antes planejada e tão esperada entre membros da comunidade ou da família, restringe-se agora, muitas vezes, apenas aos pais e filhos. Aos outros – amigos, familiares, comunidade – estende-se os votos de um Feliz Natal por telefone ou email. Os enfeites de Natal tão simples, mas cheios de significado e beleza e colocados na véspera do Natal, hoje dão lugar a um verdadeiro comércio que não se pergunta pelo sentido do Natal, dos enfeites, mas apenas nos lucros que o Natal pode lhes trazer.

Com o objetivo de resgatar práticas simples, que valorizam as relações e aproximam as pessoas e que, sobretudo, as levem a refletir sobre o Advento e preparar-se para o Natal o Grupo de Diaconia da Paróquia de Rolante fez no ano de 2007 os primeiros biscoitos de Natal. Os biscoitos foram carinhosamente feitos e entregues às pessoas idosas e com deficiência nas visitas realizadas nas casas, no hospital e nos cultos de Natal. Foi bonito perceber a alegria estampada na face das pessoas ao receber aquela visita. E os packen, como chamávamos os pacotes de biscoitos, relembravam muitos a sua infância, época em que recebiam como presente de Natal biscoitos. Além disso, a preparação das bolachas contava com a colaboração de outras pessoas da comunidade, entre elas crianças e jovens que descobriam outra maneira de ajudar. Ao lado disso, receitas eram buscadas, histórias eram relembradas, risadas e abraços
eram dados, tempo era tirado para se estar junto.

Quisera no Advento tirarmos o tempo para estarmos junto às pessoas que amamos, junto das pessoas que necessitam de uma visita, de um abraço, de uma palavra.

Que nesta época de Advento e Natal possamos resgatar valores e práticas que nos permitam viver o verdadeiro sentido do Natal. Que Deus, por meio do Espírito Santo nos auxilie nessa tarefa para que sejamos mensageiros da sua Boa Nova. É tempo de reconhecer que o verdadeiro Natal não se faz somente com presentes, enfeites, comida, mas, sobretudo com corações agradecidos, capazes de reconhecer a presença de Deus na vida e em toda a sua criação. Por tudo isso, quando:

Nas dificuldades da vida, olhamos os campos e as flores e percebemos a beleza da vida que se recria...

* Então celebramos o Natal!

Se, diante das injustiças no mundo, nos doamos e lutamos por um mundo melhor...

* Então celebramos o Natal!

Se, com lágrimas nos olhos, vislumbramos um novo amanhecer.

* Então celebramos o Natal!

Se, com as poucas vestes que temos, nos aquecemos entre muitos abraços...

* Então celebramos o Natal!

Se, com o pouco sobre a nossa mesa, partilhamos e fizemos a festa...

* Então celebramos o Natal!

Se, na natureza agredida, sentimos o perfume das flores...

* Então celebramos o Natal!

Se, no calor do verão, nos encantamos com uma flor entre a calçada...

* Então celebramos o Natal!

Se, numa noite sem lua, percebemos com mais intensidade e alegria as estrelas...

* Então celebramos o Natal!

Se, nos tantos rostos que compõem nossas famílias, reconhecemos em cada um, alguém especial...

* Então celebramos o Natal!

Se, na humildade e simplicidade do menino Jesus na manjedoura, reconhecemos nosso Salvador...

* Então celebramos o Natal!

É Natal sempre que vivemos a mensagem do nascimento daquele que era, é, e sempre será o caminho, a verdade e a vida.

Oração: Oremos... Querido Deus! Estamos novamente aqui para celebrar com a __________ (nome da pessoa visitada), o Advento. Por isso abençoa este lar e todas as pessoas que aqui moram. Que o Advento nos auxilie a perceber o teu amor de modo que possamos contemplar a beleza da tua criação.

Que o nascimento de teu Filho traga alento, força e ânimo a todas as pessoas que de ti necessitam.

Que, assim como os pastores, não tenhamos medo, mas alegria e novo sentido de vida com o nascimento de Jesus Cristo.

Que o Natal renove em todas as pessoas o desejo de paz, amor e alegria e que a esperança reine em todos os corações.

Pedimos-te que olhes com carinho para a __________ (nome da pessoa visitada), nesta época de Advento e Natal, bem como a todos e todas nós. Em nome de Jesus oramos todos juntos dizendo: Pai Nosso...

Hino:

Benção: Que a benção e a paz de Deus, nosso Senhor e Salvador esteja contigo e com toda a tua família.

Que Ele te abençoe e guarde nesta época de Advento e Natal e em toda a tua vida. Amém.

Diác. Luciana Rucks
Giruá-RS

 


Autor(a): Luciana Rucks
Âmbito: IECLB
Área: Missão / Nível: Missão - Diaconia
Área: Espiritualidade
Natureza do Texto: Liturgia
Perfil do Texto: Auxílio litúrgico
ID: 11960
REDE DE RECURSOS
+
Procuremos sempre as coisas que trazem a paz e que nos ajudam a fortalecer uns aos outros na fé.
Romanos 14.19
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br