Meu coração, Deus, vem abrir

Comentário e reflexão

26/04/2014

HPD 121 – Meu coração, Deus, vem abrir

Letra: Johann Olearius 1ª e 2ª estrofes 1671; 3ª estrofe de Gotha 1651

Melodia: Gochsheim/Redwitz 1628, Görlitz 1648

Textos bíblicos: Lucas 8.21; Atos 16.9-15.

Original: “Herr, öffne mir die Herzenstür, zieh mein Herz durch dein Wort zu dir”.

Lídia, a vendedora de púrpura, residente na cidade de Filipos escutava; e “o Senhor lhe abriu o coração para atender às cousas que Paulo dizia” (Atos 16.14). Escutar significa em primeiro lugar: aceitar, permitir entrada. Deus quer que sua Palavra alcance o meu íntimo. Ela não deve permanecer na ante-sala; mas deve penetrar até a sala principal. A Bíblia chama este lugar de “coração”. Quem abre o coração? Quem possui a chave? Deus abre. Nenhum orador, nenhum psicólogo consegue abrir meu coração para que entre a Palavra de Deus. Somente ele, o santo Deus, tem o direito de ocupar o nosso lugar central. Cabe a mim orar: “Meu coração, Deus, vem abrir, vem pelo Verbo o atrair”. Eu estou fechado, tanto para Deus quanto para as pessoas humanas. Eu pessoalmente não consigo abrir a porta. O Servo de Deus (de Isaías 50.5) confessa: “O Senhor Deus me abriu os ouvidos”. O que fez o Senhor Jesus ressurreto quando caminhava com dois dos seus discípulos em direção a Emaús? “Começando por Moisés, discorrendo por todos os profetas, expunha-lhes o que a seu respeito constava em todas as Escrituras” (Lucas 24.27; veja também Lucas 24.45).

 (Fonte: Harry Dörr ref. Atos 16.9-15 em http://books.google.com.br/books?id)
 


Autor(a): Leonhard Creutzberg
Âmbito: IECLB
Hino: 121. Meu coração, Deus, vem abrir
Natureza do Texto: Música
Perfil do Texto: Comentário ou reflexão sobre hino
ID: 28293
REDE DE RECURSOS
+
Ninguém sabe o que significa confiar em Deus somente, a não ser aquele que põe as mãos à obra.
Martim Lutero
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br