Pelo vale escuro seguirei

Hino

12/11/1896

Pelo vale escuro

1. Pelo vale escuro seguirei, Jesus,
mas por ti seguro, vendo a tua luz,
o meu passo incerto tu dirigirás.
Ao sentir-te perto, nunca perco a paz.

2. Os espinhos tantos que nos vem sangrar,
são remédios santos para nos curar.
Onde existe a graça do bondoso Deus,
tudo o que se passa nos conduz aos céus.

3. Não há dor que seja sem divino fim.
Faze, ó Deus, que a Igreja compreenda assim,
e, apesar das trevas, possa ver, Senhor,
que tu mesmo a levas com imenso amor.

4. Breve a noite desce, noite de Emaús,
e meu ser carece de te ver, Jesus;
companheiro, amigo, ao meu lado vem.
Fica, ó Deus, comigo, infinito bem.


Letra: Othoniel de Campos Motta (1878-1951), 
Melodia: Minna Koch, 1897; 

 


Autor(a): Othoniel de Campos Motta
Âmbito: IECLB
Natureza do Texto: Música
Perfil do Texto: Hino
ID: 42395
MÍDIATECA
REDE DE RECURSOS
+
Deus é maior do que o nosso coração e conhece todas as coisas.
1João 3.20
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br