Romanos 7.15-25

Caderno de Celebrações 2020 - Sínodo da Amazônia

08/11/2019

Caderno de Celebrações 2020 Sínodo da Amazônia
05/07/2020 - 5º Domingo após Pentecostes

Pregação: Rm. 7.15-25a, Leituras Zc 9.9-12; * Salmo 145. 8 -15*; Mt.11.16-19, 25-30;
Diaconisa Siglinda Braun Schliwe – Boa Vista/RR .

LITURGIA DE ABERTURA
ACOLHIDA
Deus nos chamou para este culto, por isso estamos aqui. Ele nos saúda e acolhe com as palavras que Jesus deixou para nós no Evangelho de Mateus 11. 29 “Sejam meus seguidores e aprendam comigo por que sou bondoso e tenho um coração humilde; e vocês encontrarão descanso.”
Sejam bem vindos e bem vindas querida Comunidade, em especial acolhemos também as pessoas que nos visitam hoje. Sintam-se bem entre nós
CANTO DE ENTRADA
Hino: Nº - 178 – ENE
Ou: Nº ___________________
SAUDAÇÃO
A graça do Senhor Jesus, o amor de Deus, o Pai e a comunhão do Espírito Santo esteja conosco, neste culto. Amém.
CANTO DE INVOCAÇÃO
Hino: Nº - 242 - ENE

Ou: Nº _________________________
CONFISSÃO DE PECADOS
(O Salmista no capítulo 51.5 diz: “De fato tenho sido mau desde que nasci; tenho sido pecador desde o dia em que fui concebido”. Cientes destas palavras vamos nos achegar a Deus em oração e confessar a Ele os nossos pecados.)
Oremos: Deus nosso Pai misericordioso, neste momento queremos confessar diante de a nossa culpa. Sabemos que os nossos pecados nos afastam de ti. A nossa frieza prejudica o nosso relacionamento com o nosso próximo, a nossa falta de fé cria um abismo entre nós e ti. Os nossos pensamentos, palavras e ações estão diante de ti, e nada podemos ou conseguimos esconder de ti. Desta forma tu nos conheces muito bem, por isso, humildemente pedimos a teu perdão. Perdoa, Senhor todos os pecados, por teu grande amor desde já agradecemos. Sabemos que tu és muito bom para conosco e cheio de compaixão. Em nome de Jesus Cristo é que oramos. Amém
ANÚNCIO DO PERDÃO.
Na certeza de que Deus ouve a nossa oração e nos perdoa, nos concede a sua graça, podemos ter a certeza que se confessarmos os nossos pecados com sinceridade, ele nos perdoa. No salmo 66.20 lemos: “Eu louvo a Deus por que ele não deixou de ouvir a minha oração e nunca me negou o seu amor”.
GLÓRIA
Vamos cantar glórias ao nosso Deus e bendizer o seu nome por que grandes coisas ele fez em nossas vidas. Cantemos:
Hino: N.º 165 – ENE
Ou: ¬¬¬¬¬¬¬¬_______________________
ORAÇÃO DO DIA
Senhor, nosso Deus Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, te somos gratos e gratas por este dia. Obrigada pelas bênçãos que já nos concedestes neste culto. Também te agradecemos pela tua Palavra que a seguir nós podemos ouvir. Abençoa os nossos corações e que a tua Palavra possa produzir muitos frutos. Tu podes nos salvar. Tu podes nos abençoar. Confiamos-nos em tuas mãos, conduza a tua comunidade, o teu povo e a tua Igreja assim como sempre tens feito até aqui. Em nome de Jesus Cristo que vive e reina de eternidade a eternidade. Amém.
LITURGIA DA PALAVRA
Hino: Nº 195 - ENE
Ou:____________________________
LEITURAS BÍBLICAS

1ª Leitura Bíblica:
Zacarias 9.9-12
2ª Leitura do *Salmo 145. 8 – 15*
Hino: N.º 175 ENE (só o estribilho) Aclamemos o Evangelho cantando Aleluia
2ª Leitura Bíblica
Mateus 11.16-19, 25-30.
Leitura do texto da Pregação Romanos 7. 15 – 25a
A graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus o Pai e a comunhão do Espírito Santo estejam com todos e todas vocês.
Estimada comunidade
Que texto maravilhoso. Ele nos traz muitos ensinamentos. A Palavra de Deus sempre nos orienta e nos dá orientações com sabedoria. O texto da pregação que acabamos de ouvir, logo de início percebemos que o Apóstolo Paulo vive uma tensão, ele olha para dentro de si e escreve o seguinte no versículo 15: “ Eu não entendo o que faço, pois não faço o que gostaria de fazer. Pelo contrário, faço justamente aquilo que odeio”. Quantas vezes na nossa vida também agimos assim: fazemos coisas, pensamos coisas que não gostaríamos de fazer e nem pensar. Porque agimos assim? Porque pensamos o que não gostaríamos de pensar? Ou seja, por que cometemos tantos erros na prática do dia-a-dia? Se alguém nos pergunta por que você fez isso? Nós respondemos: - Eu não queria ter feito o que fiz. Fiz sem querer. Estimada Comunidade nós fazemos isto por que a nossa natureza é pecaminosa. É o pecado que habita em nós que faz com que pensamos e agimos sem fé e sem amor. Então se observarmos o mundo ao nosso redor podemos perceber todas as conseqüências dos pecados. Vemos a injustiça, a corrupção, a violência, a desunião, a mentira, a infidelidade, mortes... Infelizmente o mal se apresenta de uma forma muito escancarada ao nosso redor. Aí a nossa tendência é culpar os outros pelos males que detonam o nosso mundo e também prejudicam vidas de seres humanos criados à imagem de Deus. No entanto, se analisarmos com sinceridade os nossos corações, as nossas mentes e desejos nós vamos perceber de que a presença da maldade faz parte também do nosso ser. Também nós cometemos injustiças e podemos ser agressivos também; em todo caso, não fazemos o bem ao nosso próximo como deveríamos ou como desejaríamos. Mesmo quando nós cremos no Evangelho, na salvação em Jesus Cristo, mesmo assim verificamos que o pecado continua assaltando os nossos corações.
O que fazer então? Quem poderá nos salvar? Será que a Lei nos salva? Não, a lei apenas nos conscientiza do pecado. Em Romanos 3.20 lemos: “Pois, ninguém é aceito por Deus por fazer o que a lei manda, por que a lei faz com que as pessoas saibam que são pecadoras”. Então as pessoas que são Cristãs não estão debaixo da lei, mas debaixo da graça, assim está escrito em Romanos 6. 14b “... pois vocês não são controladas pela lei, mas pela graça de Deus.” Assim o Apóstolo Paulo explica de uma forma muito claro este mistério. Ele explica o seguinte: quando cremos em Jesus Cristo, somos justificados por Deus e sua graça, nós nos tornamos novas criaturas, mas ainda assim, ou mesmo assim, se prestarmos atenção em nós percebemos que, muitas vezes, não fazemos o bem que queremos, mas sim o mal que queremos evitar. Lutero explica isso de que nós, pessoas humanas, somos ao mesmo tempo Justos e pecadores. Isto significa: quando olhamos para Deus e seu filho Jesus Cristo, vemos seu grande amor por nós e podemos reconhecer que somos justos, por causa da FÈ que temos. Porém, quando olhamos para nós mesmos, vemos que ainda temos muitas limitações e que o mal, o pecado, nos assalta, somos ainda pessoas pecadoras. Por isso, somos Justos e Pecadores ao mesmo tempo.
Pelo fato de sermos ainda pessoas pecadoras qual é a saída? O Apóstolo Paulo escreve que a saída é Jesus Cristo. Deus realizou toda a obra da Salvação através do seu Filho Jesus Cristo. Estar debaixo da graça de Deus é reconhecer que eu dependo da obra de Deus realizada em Jesus Cristo. Pela fé somos pessoas justificadas ao invés de ser condenadas. Assim a Salvação vem de nós? Não, a Salvação vem de fora, vem de Deus.
Reconhecendo que dependemos da graça de Deus sempre podemos recorrer ao próprio Deus e seu amor. Pela FÉ que temos podemos crescer na prática do bem. No exercício do amor ao próximo, por causa do amor que recebemos de Deus, os frutos da fé vão surgindo. O pecado humano vai ser vencido pela justiça de Deus. Podemos comparar tudo isso com a comparação da madrugada: imaginem que na madrugada ainda é escuro, mas a claridade do dia vem. Tudo fica claro. A luz do dia vem com força. A luz do sol vence a escuridão da noite e da madrugada. Assim o Espírito Santo de Deus também vai derrotando a escuridão do pecado humano. E nós, podemos SERVIR com alegria e gratidão. Podemos atender as necessidades do próximo e implantar sinais do Reino de Deus. Que assim seja que possamos viver sempre sob a Graça de Deus, seguindo com fé, confiança e amor rumo à eternidade.
Oremos: Deus amoroso, nós te agradecemos de coração pelo presente da fé e da nova vida que concedes a cada dia. Fica ao nosso lado quando fraquejamos para que sirvamos os necessitados. Dá, assim, que também o nosso mundo seja mais justo, conforme a tua vontade. Em nome de Jesus. Amém.
HINO: N.º 187 ENE ou N.º 493 no hinário LCI
Ou:______________________________________
CONFISSÃO DE FÉ – Em resposta à mensagem que ouvimos confessamos a nossa fé Cristã dizendo: Creio em Deus Pai, ...

HINO PÓS CONFISSÃO (proceder a motivação e o recolhimento das ofertas)
HINO – 226 – ENE ou 564 no Hinário LCI
Ou:_________________________________________________________

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
Aniversariantes
1._______________________________________________________
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
Pessoas enfermas
1._______________________________________________________
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________

Outros motivos
1._______________________________________________________
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________

OREMOS:
Louvado seja Deus eterno por nos teres enviado Jesus Cristo para nos reconciliar contigo. A tua palavra sempre nos edifica e nos mostra o caminho de saída quando nos perdemos no nosso falar e agir. Agradecemos-te Jesus amado por seres a esperança da nossa Salvação, que tu vences a escuridão em nossas vidas cada dia mais e mais.
Somos gratos e gratas por podermos também interceder pela nossa comunidade para que como membros possamos cumprir a missão que temos em refletir a luz na escuridão do mundo no qual vivemos e caminhamos. Assim abençoa e ilumina com sabedoria e graça todos os grupos desta comunidade.
Trazemos à tua presença as pessoas aniversariantes da nossa comunidade....................................
.........................................................................................................................................................
Acompanha com teu amor o novo ano de vida de cada uma destas pessoas.
Carregamos também aqui em nossas orações as pessoas doentes/enfermas que estão em casa e hospitalizadas. Trazemos aqui, diante de ti os seus nomes:......................................................... ......................................................................restaura a felicidade da cura e que a tua graça alcança os seus corações. Consola também as famílias que perderam um ente querido e que estão com os corações enlutados.................................................................................................Sê tu ó Deus da vida a Esperança da ressurreição por meio de Jesus Cristo.
Cuida e concede as forças para as pessoas que se sentem sobrecarregadas, cansadas e aflitas.
Pedimos-te pela Paz no mundo e pelas pessoas que estão sendo injustiçadas, que estão desempregadas e massacradas com violência.
Intercedemos que o teu Espírito Santo ilumina as nações do mund, bem como as autoridades para que compreendam com sensibilidade que, com a falta de amor, a falta de senso de dignidade e justiça não é possível viver a PAZ.
Assista a tua Igreja para que ela possa trilhar pelos caminhos da verdade, da graça, da fidelidade e da Diaconia. Tudo mais que temos em nossas mentes e corações colocamos diante de ti que és o Trino Deus, na oração que pediste que orássemos: PAI NOSSO QUE ESTÁS NOS CÉUS...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta no último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
BÊNÇÃO:
Que o Caminho seja brando aos teus pés.
Que o vento sopre leve em teus ombros.
Que o sol brilho sobre o teu rosto.
Que as chuvas caiam serenas em teus campos.
Que Deus te guarde na palma de suas mãos.
Que nossas vozes proclamem a fé no Deus que é Pai, Filho e Espírito Santo.
Amém!

ENVIO:
Alegrem-se no Senhor. Ele é fiel e cumpre o que promete. Vão e sirvam Ele.
CANTO FINAL
HINO – N.º 567 do Hinário LCI
Ou: ____________________________________________________
 


Autor(a): Diaconisa Siglinda Braun Schliwe
Âmbito: IECLB / Sinodo: Amazônia
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo do Tempo Comum
Natureza do Domingo: Pentecostes
Perfil do Domingo: 5º Domingo após Pentecostes
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 54072
REDE DE RECURSOS
+
Nós não anunciamos a nós mesmos. Nós anunciamos Jesus Cristo como o Senhor.
2Coríntios 4.5
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br