Salmo 68.1-10,32-25 - 7º Domingo Da Páscoa - 24/05/2020

Caderno de Cultos 2020 - Sínodo Mato Grosso

24/05/2020

24/05/2020 – 7º Domingo Da Páscoa
Pregação: Salmo 68.1-10,32-25; Leituras: At.1.6-14; Jo 17.1-11
Miss. Carla Rosana Schwingel da Silva – Paróquia Leste Matogrossense - MT


LITURGIA DE ABERTURA


ACOLHIDA
Sejamos todos nós muito bem vindos. Que possamos nos alegrar por estarmos na casa do Senhor. Que o nosso bondoso Deus possa nos surpreender com sua presença.
Saúdo-os com a palavra Bíblica de João 14.18 em Jesus Cristo diz: “Não os deixarei órfãos, voltarei para vocês”.
Como é bom sabermos que não estamos sós, nem órfãos pois depois que Jesus acendeu aos céus ele nos enviou o seu Espírito Santo para se fazer presente em nós e entre nós. Ter o Espírito Santo é ter o próprio Senhor Jesus.

Acolhida aos visitantes:
De maneira especial saudamos e acolhemos todos os nossos visitantes e desejamos que os mesmos se sintam bem em nossa comunidade para este nosso tempo de Culto a Deus.


CANTO DE ENTRADA
Nº 332– HPD – Deus está aqui

Ou: Nº ____________________________________________________


SAUDAÇÃO
Que a graça do nosso Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus Pai e a comunhão do Espírito Santo sejam com todos e todas vocês. Amém.


CANTOS DE INVOCAÇÃO
Nº 260 – HPD - Cantai ao Senhor

Ou: Nº ____________________________________________________


CONFISSÃO DE PECADOS
O Salmista no Salmo 32.3 diz: “Enquanto não confessei o meu pecado, eu me cansava, chorando o dia inteiro.” O pecado nos entristece, nos tira o ânimo, a alegria e mais ainda nos distancia da presença de Deus, por isso queremos chegar diante de Deus neste momento e confessar o nosso pecado. Oremos:
Amado Deus, todos os nossos pecados cometidos pesam sobre nós. Não importa se aos olhos humanos eles pareçam insignificantes ou não. Por mais bobo que as vezes nos pareça um pecado, mas se não buscamos viver livres do pecado estaremos nos distanciando mais da Tua presença e do Teu propósito. Por isso te pedimos mostra-nos Senhor os nossos pecados, convence-nos daquilo que é mal em nós e purifica-nos com o poder do teu precioso sangue. Agradecemos por todas as coisas que podemos colocar diante de Ti, e arrependidos sabemos que Tu virás a nós com o teu perdão. Por Cristo Jesus. Amém

ANÚNCIO DO PERDÃO
No mesmo Salmo 32 o Salmista diz: “Feliz aquele cujas maldades Deus perdoa e cujos pecados ele apaga!” Alegremo-nos com o perdão que Deus nos conceda e que assim sigamos o seu conselho “Eu ensinarei o caminho por onde você deve ir; eu vou guia-lo e orientá-lo. O perdão é graça, é presente imerecido que Deus concede a cada um que se arrepende. Ele concede seu perdão por que Ele nos ama. Amém

KYRIE
Como pessoas agraciadas por Deus, com seu perdão, voltamo-nos para as dores do mundo do qual vivemos. Olhamos em volta e observamos o sofrimento, a dor, a angústia de toda a criação. Fazemos isso cantando:

HINO: 427 – HPD – Senhor oramos agora

GLÓRIA IN EXCELSIS
Glorificamos a Deus cantando: Glória a Deus nas alturas:
“Glória, glória, glória a Deus nas alturas. Gloria, gloria, paz entre nós, paz entre nós!”

ORAÇÃO DO DIA
Bondoso Deus e Pai. Estamos aqui reunidos para ouvir tua voz. É ela que transforma a nossa vida e nos mostra o caminho seguro pelo qual somos convidados a andar. Pedimos que tu venhas falar ao nosso coração. Venha transformar a nossa vida por meio do teu falar. Abre nossos ouvidos e corações para que a tua palavra nos toque verdadeiramente e a coloquemos em prática em nossa vida. Em nome de Cristo Jesus. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA


LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Atos 1.6-14

Aclamemos o Evangelho cantando: Aleluia.
“Aleluia, aleluia, aleluia. Aleluia”
2ª Leitura Bíblica: João 17.1-11


CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
Nº 383 – HPD – Salmo 19


PREGAÇÃO

Prezada Comunidade:

Como temos manifestado o nosso louvor a Deus? Quando louvamos e agradecemos a Deus nos enchemos de grande alegria da mesma forma quando vamos para um festa? Animamos uns aos outros da mesma forma quando convidamos para um evento que temos? Chegamos até as pessoas e dizemos vamos, vamos louvar a Deus, cantar louvores ao Deus que tudo faz e sempre está conosco?
Acredito que o nosso convite para ir à casa de Deus para louvar a Deus é acanhado, sem graça, quase que desanimador.

Convido a leitura do Salmo 68 1-10; 32-35

Davi no Salmo 68 inicialmente relembra o episódio em que liderou uma alegre caminhada conduzindo a arca da casa de Obede-Edom a Jerusalém. Com gritos de louvor e ao som de trombetas, Davi e o povo levaram a Arca sagrada ao monte Sião. (2Sm 6.15) Era um momento de exaltar e louvar ao Senhor, cuja a sua presença trazia grande alegria em suas vidas.
É nessa alegria que Davi reconhece o quanto a presença de Deus faz diferença na vida das pessoas, pois aqueles que odeiam e são maus fogem de Deus, não são capazes de ver o seu cuidado generoso, mas aqueles que reconhecem e buscam a presença de Deus são tomados de grande alegria, percebem o valor da sua presença.
Deus é aquele que cuida dos pobres e desamparados. Ele é o pai dos órfãos e o defensor das viúvas. Ele provê lares para os que não tem onde morar e livra os cativos, concedendo-lhes as suas bênçãos. (vers. 5-6)
Hoje cada vez mais a solidão invade nossos lares. A solidão independe de estarmos ou não literalmente sós. Muitas vezes nos sentimos sozinhos mesmo estando entre amigos, ou até mesmo familiares. A angustiada solidão nos invade em meio à multidão de uma grande cidade, dentro de igrejas cheias de pessoas, em praça, parques, lares. Sentimo-nos sozinhos, mas Deus não quer que permaneçamos assim. Sentimo-nos sozinhos pela rejeição que sofremos em algumas situações, pela dificuldade de nos relacionar, que faz com que nos isolemos das pessoas, mas também por causa do nosso orgulho, nossa falta de perdão, nossos medos.
Mas a pior solidão não é a de não termos alguém ao nosso redor, mas é aquela em que desistimos de nós mesmos. Este é o pior abandono que podemos sofrer. Quando abandonamos a nós mesmos não permitimos que Deus nos acolha e se relacione conosco. Jesus experimentou a solidão. Porém segui em frente o propósito do Pai. Jesus, o Cristo mesmo tendo os olhos cheios de lágrimas por causa da solidão, não desviou do seu propósito. No abandono à nós mesmos não sentimos a presença de Deus e com isso não temos motivo para nos alegrar e louvar a bondade de Deus.
Deus revelou sua presença junto dos israelitas realizando grandes feitos. Que durante o deserto caminhava com eles que até a terra tremeu por causa da sua presença no monte Sinai.
Este mesmo Deus faz ainda mais. Faz cair chuva copiosa sobre a terra seca, quase a perecer, estéril, sem força, sem esperança, que de repente é despertada por gotas grandes e pesadas que vão rompendo os sulcos e rachaduras. Uma chuva que molha a terra e traz aroma de vida. Em gratidão deixa exalar sua fragrância de alegria. Nós somos resultado dessa mistura de terra e água. Foi da pasta feita de barro molhado que Deus deu forma ao homem. Por isso que nossa interior grita pelo Senhor. Mesmo que em alguns momentos não temos essa clareza e ignoramos o amor de Deus por nós.
Em muitos momentos nos sentimos exaustos, esgotados e sedentos. São muitos os motivos que aos poucos desidratam nossa alma. Enfermidades, traições, desemprego, frieza espiritual, magoas e tantas mais coisas. Tornamo-nos endurecidos ao ponto de não sobrar nutrientes que faça brotar novamente a motivação para continuar. Em nosso dias temos muitas ofertas de refrigério vindas de fontes suspeitas. A sede que sentimos é profunda. Jesus nos oferece uma água que mata a sede: “Quem beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede. Pelo contrário a água que eu lhe der se tornará nele uma fonte a jorrar para a vida eterna”. (Jo 4.14). Quando Deus se faz presente, Ele escuta o nosso pedido de socorro e quando Ele ouve Ele renova em meio a sequidão.
Os versículos 32-35 do Salmo 68 são um convite ainda mais intenso de louvor a Deus. A presença de Deus no passado quanto no presente é uma realidade. O convite é para que todas as nações cantem ao Senhor, escutem sua voz e anunciem o seu poder. O convite é para adorar o bondoso Deus que dá poder e força ao seu povo. É preciso continuar entoando cânticos de fé e seguir confiando por que no tempo certo Deus cumprirá suas promessas. Deus é um Deus imutável, quer dizer Ele não muda com o passar dos anos, dos tempos e das gerações. Ele continua o mesmo.
Davi quer nos contagiar no seu louvor e ele nos dá motivos para louvar a Deus:
• Louvamos a Deus quando testemunhamos da nossa fé e tornamos conhecidos os feitos de Deus.
• Louvamos a Deus quando nossa fé é exclusiva em Cristo. A centralidade em Deus é sua Salvação. Só pode louvar a Deus quem crê.
• Louvamos a Deus quando andamos sob a sua bênção. A bênção é o olhar amoroso de Deus sobre seu povo.
• Louvamos a Deus quando reconhecemos a necessidade da presença de Deus em nossa vida.
Dia após dia contemplamos o cuidado, o amor, o perdão e a provisão de Deus em nossas vidas e assim não temos como não reconhecer a presença de Deus em nosso meio.

Para finalizar:

Outro dia, vi uma formiga que carregava uma enorme folha com sacrifício.
Foram muitos os tropeços mas nem por isso a formiga desanimou de sua tarefa. Até que chegou próximo de um buraco que devia ser a sua casa.
A folha era muito maior do que a boca do buraco, então, ela entrou sozinha.
Pensei: “Coitada, tanto sacrifício para nada.
Mas, de repente, do buraco saíram outras formigas, que começaram a cortar a folha em pequenos pedaços.
Em pouco tempo, a grande folha deu lugar a pequenos pedaços e eles estavam todos dentro do buraco.
Imediatamente pensei nas minhas experiências.
Quantas vezes desanimei diante das dificuldades?
Talvez se a formiga tivesse olhado para o tamanho da folha, nem teria começado a carregá-la.
Naturalmente, transformei minha reflexão em oração e pedi ao Senhor:
Que me desse a tenacidade daquela formiga, para “carregar” as dificuldades do dia-a-dia.
Que me desse a perseverança da formiga, para não desanimar diante das quedas.
Que eu pudesse ter a inteligência dela, para dividir (em pedaços) o fardo que, às vezes, se apresenta grande demais.
Que eu tivesse a humildade para partilhar com os outros o êxito da chegada, mesmo que o trajeto tivesse sido solitário.
Pedi ao Senhor a graça de, como aquela formiga, não desistir da caminhada, mesmo quando, pelo tamanho da carga, não consigo ver com nitidez o caminho a percorrer.
E agradeci ao Senhor por ter colocado aquela formiga em meu caminho e pelo ensinamento da perseverança.

Que nas grandes e pequenas coisas possamos louvar ao Senhor. Que a cada dia Deus nos ensine louvar a Ele em todas as situações.

Medite sobre isso e que Deus nos abençoe.

Amém.


CONFISSÃO DE FÉ
Como resposta a palavra que acabamos de ouvir e movidos pelo Deus de amor queremos agora confessar a nossa fé.

Creio em Deus Pai, ...


CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
Nº 249 – HPD1 – Graças, Senhor


ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________

Amado e bondoso Deus agradecemos por tua palavra que é uma palavra viva e que tem falado a nós em todos os momentos. Obrigado Deus por te fazeres presente em nossas vidas diariamente. Obrigado Deus por acolheres a cada um de nós, por seres esse Deus bondoso e por teres esse cuidado generoso para conosco. Ensina-nos e te louvar, te adorar e a reconhecer todos os teus feitos. (aqui colocar os pedidos que foram levantados antes da oração). Ouve Senhor e se te aprouver e atende a nossa oração segundo aquilo que tu tens proposto para cada um. Que em torno da cruz de Cristo possamos aprender a amar, perdoar e a servir.
Lembramos Senhor dos doentes, dos enlutados, do que passam por necessidade e especialmente por aqueles que perderam a esperança na vida. Dá Senhor que estes sejam lembrados do teu profundo amor que foi expresso e demonstrado na cruz do Calvário.
Lembramos de nossa cidade, estado e país para que seus governantes possam buscar em ti auxílio e sabedoria para governar. Senhor acompanhe os governantes de modo que eles adotem atitudes que promovam a vida digna para todas as pessoas. Cuida bem de cada um. Que possamos voltar as nossas casas em paz e segurança e dá Senhor que nosso coração seja preenchido com a tua alegria. Assim Senhor, tudo mais que está em nosso coração nossos pedidos e agradecimentos, nós os colocamos na oração que teu Filho nos ensinou dizendo:

Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
HINO: 350 – HPD – Que a graça do Senhor Jesus
Que a graça do Senhor Jesus
E o amor de Deus o Pai,
E a comunhão, a comunhão
Do Espírito reine aqui,
E para sempre, para sempre
E para sempre, amém.

ENVIO
Ide em paz e sirvamos ao Senhor com alegria.


CANTO FINAL
Nº 414 – HPD – Cantar do amor


Autor(a): Missionária Carla Rosana Schwingel da Silva
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo da Páscoa
Natureza do Domingo: Páscoa
Perfil do Domingo: 7º Domingo da Páscoa
Testamento: Antigo / Livro: Salmos / Capitulo: 68 / Versículo Inicial: 1 / Versículo Final: 25
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2020
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 56317
REDE DE RECURSOS
+
Porque nem eu nem tu jamais poderíamos saber algo a respeito de Cristo ou crer nele e conseguir que seja nosso Senhor, se o espírito não o oferecesse e presenteasse ao coração pela pregação do Evangelho.
Martim Lutero
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br