Se o grão não morrer

Comentário e Reflexão

29/06/2012

Hino 407 - Se o grão não morrer

Autor da letra: Armindo Trevisan (*1933)
Autor da Melodia: Flavio Irala (*1954)
Texto bíblico: Ev.João 12,24-26

Reflexão, baseada num artigo de PAULO RICARDO FERREIRA1   (Julho/98)

Contestar padrões e voltar às origens

“Se o grão não morrer debaixo da terra, não virá a espiga alegrar a mesa”. Se não modificarmos hábitos e crenças, se não nos dermos conta que estamos supervalorizando aspectos secundários no crescimento humano, a vida não brotará. Se o “grão resistir”, sequer haverá vinho. Se as pessoas não recebem educação, todo o ensino será em vão. Devemos gerar comportamentos voltados a preservar o homem, a sociedade e a natureza.

Numa cena do filme “Mr. Holland - Adorável Professor”, o protagonista (Richard Dreyfuss) pede ao presidente do conselho escolar que modifique a decisão de eliminar a disciplina de música do currículo. Ao ouvir do ex-aluno e superior que todo o possível havia sido feito para manter a disciplina, o velho professor protestou: “eu quero que você tente o impossível”.

A sociedade moderna tem criado e supervalorizado certos princípios para conseguir sucesso. Algumas das exigências sociais são conhecimento, aprendizagem, memória, hábitos e crenças. Mas estes valores poderíamos chamar de secundários. Eles ajudam de certa forma, mas ao mesmo tempo limitam o desenvolvimento humano, obstruem o aperfeiçoamento, bloqueiam mudanças, impedem a felicidade. Eles afastam as pessoas de seus princípios originais.

Amor, força, paz, verdade, sabedoria, alegria e felicidade fazem parte dos valores primários do ser humano. Exagerando um pouco, podemos dizer que todos nós nascemos com essas referências. Somos gerados num ato de amor e, diferente dos demais habitantes da Terra, já nascemos dependentes das outras pessoas. Cidadãos do mundo, nosso primeiro grito de liberdade, ainda no parto, é uma corajosa demonstração de força e protesto pelo trauma da experiência inicial na nova vida. Ainda muito jovens, construímos nossas verdades puras, numa sabedoria singular que nos dá alternativas para sobreviver entre nossos semelhantes. Procuramos a paz, sinônimo perfeito de harmonia. Tudo isso na busca da mais bela sinfonia de uma vida repleta de alegria e felicidade.

Fonte: http://www.eckart.com.br/adm.htm

Nota:

1 PAULO RICARDO FERREIRA - Diretor da Eckart Consultoria, é administrador, doutorando em Ciências Empresariais pela Universidade de Leon/Espanha; e professor universitário
 


Autor(a): Leonhard Creutzberg
Âmbito: IECLB
Hino: 407. O grão
Natureza do Texto: Música
Perfil do Texto: Comentário ou reflexão sobre hino
ID: 19198
REDE DE RECURSOS
+
Certamente vocês sabem que são o templo de Deus e que o Espírito de Deus vive em vocês.
1Coríntios 3.16
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br