Concílio da Igreja



ID: 2273

XXIX Concílio da IECLB - viDas em comunhão

4º dia - 18.10.2014 - Expositores

18/10/2014

XXIX Concílio da IECLB - viDas em comunhão - 15-19.10.2014 - Rio Claro/SP
XXIX Concílio da IECLB - viDas em comunhão - 15-19.10.2014 - Rio Claro/SP
XXIX Concílio da IECLB - viDas em comunhão - 15-19.10.2014 - Rio Claro/SP
XXIX Concílio da IECLB - viDas em comunhão - 15-19.10.2014 - Rio Claro/SP
XXIX Concílio da IECLB - viDas em comunhão - 15-19.10.2014 - Rio Claro/SP
XXIX Concílio da IECLB - viDas em comunhão - 15-19.10.2014 - Rio Claro/SP
XXIX Concílio da IECLB - viDas em comunhão - 15-19.10.2014 - Rio Claro/SP
XXIX Concílio da IECLB - viDas em comunhão - 15-19.10.2014 - Rio Claro/SP
XXIX Concílio da IECLB - viDas em comunhão - 15-19.10.2014 - Rio Claro/SP
XXIX Concílio da IECLB - viDas em comunhão - 15-19.10.2014 - Rio Claro/SP
XXIX Concílio da IECLB - viDas em comunhão - 15-19.10.2014 - Rio Claro/SP
XXIX Concílio da IECLB - viDas em comunhão - 15-19.10.2014 - Rio Claro/SP
XXIX Concílio da IECLB - viDas em comunhão - 15-19.10.2014 - Rio Claro/SP
XXIX Concílio da IECLB - viDas em comunhão - 15-19.10.2014 - Rio Claro/SP
XXIX Concílio da IECLB - viDas em comunhão - 15-19.10.2014 - Rio Claro/SP
XXIX Concílio da IECLB - viDas em comunhão - 15-19.10.2014 - Rio Claro/SP
1 | 1
Ampliar

O XXIX Concílio
A Paróquia de Rio Claro e o Sínodo Sudeste sediam o XXIX Concílio da IECLB, que acontece nos dias 15 a 19 de outubro, na cidade de Rio Claro/SP, sob o tema “viDas em comunhão”, em sintonia com o Tema do Ano da IECLB para 2014.

O Concílio da Igreja, órgão deliberativo máximo da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil, é realizado, ordinariamente, a cada dois anos, sempre em uma Comunidade diferente da IECLB.

Entre representantes, lideranças, Delegados, convidados ecumênicos e equipe de apoio, participam do Concílio em torno de 200 pessoas.

Expositores
Reafirmando o seu compromisso com os valores da IECLB como Igreja, estiveram presentes, como Expositores, a Editora Sinodal, representada pelo seu Gerente de Marketing e Vendas, Eliseu da Cunha, a Fundação Luterana de Diaconia (FLD), representada pela Pa. Cibele Kuss, Secretária Executiva na Fundação, e por Julio Zellmann, Coordenador Administrativo da FLD, a Gráfica e Editora Otto Kuhr, representada pelo Presidente da Comunhão Martim Lutero, P. Osmar Zizemer, a Luterprev, representada por Evandro Augusto Raber, Diretor Geral da Luterprev e Rodrigo Ferreira de Oliveira, Assessor de Vendas da Companhia, a Obra Gustavo Adolfo (OGA), representada pelo P. Ms. Osmar Witt, Presidente da instituição, e a Oficina de Paramentos Campo Grande.

A FLD também se fez presente com a exposição “Nem tão doce lar”. Segundo informações da Fundação Luterana de Diaconia, que organiza a exposição, a “Nem Tão Doce Lar” envolve uma metodologia de intervenção coletiva para a superação da violência familiar. Trata-se de uma mostra itinerante que possibilita a popularização da discussão e do enfrentamento da violência, ao levar para o espaço público uma típica casa familiar, com informações e imagens que denunciam a violência sofrida por mulheres, crianças e jovens.

A mostra nasceu a partir de uma exposição internacional chamada Rua das Rosas, criada pela Antropóloga alemã Una Hombrecher, com o apoio da agência Pão para o Mundo. A proposta inicial foi apresentada em Porto Alegre/RS, em 2006, durante a 9ª Assembleia do Conselho Mundial de Igrejas (CMI). A partir de um amplo processo de construção coletiva, a exposição recebeu um enfoque brasileiro. O nome “Nem Tão Doce Lar”’ faz alusão à citação lar doce lar, muito comum em casas brasileiras. Assim também nasceu a marca “Nem Tão Doce Lar”, criada a partir de um delicado bordado em ponto de cruz, emoldurado como um quadro, mas quebrado, representativo do que deveria ser o ambiente familiar, amoroso e cheio de cuidados, mas que, em alguns casos, é, na verdade, um ambiente violento.

O Assessor Técnico da FLD, Rogério Aguiar, foi o responsável por acompanhar os visitantes na exposição.

***************
**A cada dia, as atividades são iniciadas e encerradas com devocionais especialmente preparadas para o Concílio.

Para mais informações sobre o XXIX Concílio da IECLB, clique aqui
 


Autor(a): Comunicação IECLB (Letícia Montanet - Jornalista)
Âmbito: IECLB / Instância Nacional: Concílio
ID: 30346

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

É dever de pai e mãe ensinar os filhos, as filhas e guiá-los, guiá-las a Deus, não segundo a sua própria imaginação ou devoção, mas conforme o mandamento de Deus.
Martim Lutero
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Que cada um dê a sua oferta conforme resolveu no seu coração.
2Coríntios 9.7
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br