Concílio da Igreja



ID: 2273

XXX Concílio da IECLB - Relatório da Presidência

Por uma Comunidade Missional: agora são outros 500

20/10/2016

XXX Concílio da IECLB - Relatório da Presidência
XXX Concílio da IECLB - Relatório da Presidência
XXX Concílio da IECLB - Relatório da Presidência
XXX Concílio da IECLB - Relatório da Presidência
XXX Concílio da IECLB - Relatório da Presidência
XXX Concílio da IECLB - Relatório da Presidência
XXX Concílio da IECLB - Relatório da Presidência
XXX Concílio da IECLB - Relatório da Presidência
XXX Concílio da IECLB - Relatório da Presidência
XXX Concílio da IECLB - Relatório da Presidência
XXX Concílio da IECLB - Relatório da Presidência
XXX Concílio da IECLB - Relatório da Presidência
XXX Concílio da IECLB - Relatório da Presidência
XXX Concílio da IECLB - Relatório da Presidência
XXX Concílio da IECLB - Relatório da Presidência
XXX Concílio da IECLB - Relatório da Presidência
XXX Concílio da IECLB - Relatório da Presidência
XXX Concílio da IECLB - Relatório da Presidência
XXX Concílio da IECLB - Relatório da Presidência
XXX Concílio da IECLB - Relatório da Presidência
XXX Concílio da IECLB - Relatório da Presidência
XXX Concílio da IECLB - Relatório da Presidência
XXX Concílio da IECLB - Relatório da Presidência
1 | 1
Ampliar

O XXX Concílio
A Paróquia Bom Pastor e o Sínodo Vale do Itajaí sediam o XXX Concílio da Igreja, que acontece entre os dias 19 e 23 de outubro de 2016, na cidade de Brusque/SC, sob o tema “Por uma Comunidade Missional: agora são outros 500”, em sintonia com a temática “Missão” e o Tema do Ano da IECLB para 2017, ano do Jubileu da Reforma.

O Concílio da Igreja, órgão deliberativo máximo da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB), é realizado, ordinariamente, a cada dois anos, sempre em uma Comunidade diferente da IECLB.

Entre representantes, lideranças, Delegados, Delegadas, convidados ecumênicos, convidadas ecumênicas e equipe de apoio, participam do Concílio em torno de 200 pessoas.

Relatório da Presidência
“A quem cabe cuidar do bem da IECLB?”, questionou o Pastor Presidente da IECLB, P. Dr. Nestor Friedrich: “Na atualidade, a tendência é terceirizar responsabilidades. Não é diferente na Igreja. Ocorre muito entre instâncias de Direção, quando uma remete para outra uma responsabilidade que é sua. Ocorre também entre pessoas. Diz-se, por exemplo, que a Igreja deve cuidar de sua liderança leiga e ministerial. Estes, contudo, também devem cuidar bem da Igreja! Aliás, ‘quem é a Igreja?’. Assim começou a apresentação do Relatório da Presidência ao XXX Concílio da Igreja.

“O cuidado bem exercido é aquele que eu tenho com cada um de vocês neste Concílio como Pastor Presidente. É o cuidado que tenho com os Pastores e as Pastoras Sinodais. É o cuidado que tenho com as lideranças leigas. É o cuidado que tenho com os Ministros e as Ministras. É o cuidado que tenho em exercer fielmente a responsabilidade por promover a unidade eclesial e a clareza confessional, ou seja, somos responsáveis uns pelos outros como pessoas e como instâncias no que se refere ao cuidado”, explicou o Pastor Presidente.

Gestão do Cuidado exige percepção acurada sobre o que está acontecendo, ouvido atento para o que as pessoas estão dizendo, discernimento sobre encaminhamentos, a fim de avaliar onde devem ser feitos ajustes e definido o que precisa ficar momentaneamente em um segundo plano, alertou o P. Nestor, enfatizando que a Gestão do Cuidado conta com apoio leal, proposições criativas e crítica que visa ao crescimento. Gestão do Cuidado, pontuou, é gestão em processo. Ela requer a participação proativa dos demais gestores e gestoras ministeriais e administrativos. É a soma de esforços de muitos que perfaz o perfil da gestão nacional, sinodal e local. Gestão do cuidado não acontece sem problemas. Em gestão, perfeição não existe. Esforço, sim! O esforço que esta Presidência procura empreender é no sentido de ter foco e intencionalidade.

“A renovação e os reajustes, portanto, não acontecem sem parâmetros. A IECLB tem balizas claras, definidas em Concílio, entendido como o fórum no qual as Comunidades estão presentes, por meio dos seus representantes sinodais, bem como organizações identificadas, para tomar as decisões sobre as grandes linhas de ação da Igreja”, sublinhou.

Desenvolvendo o item foco, o Pastor Presidente observou: “O foco principal para toda a IECLB é a sua missão de propagar o Evangelho. Entenda-se propagar como anunciar, divulgar, comunicar, pregar, viver, promover vida, transformar relações desiguais, incluir, entre outros. Comunidade Evangélica de Confissão Luterana tem no seu 'DNA' o compromisso com a missão”. A direção é a visão da IECLB, continuou: “Queremos ser Igreja viva, atrativa, que acolhe todos e todas, que é missionária, que atua em fidelidade ao Evangelho, que testemunha, que pauta a sua participação na sociedade brasileira pela defesa da dignidade da pessoa e pelo cuidado da Criação”.

No que se refere à Presidência, a sua responsabilidade principal é o cuidado pela confessionalidade e o cuidado pela unidade eclesial. Esse cuidado passa pelo que estabelece o Plano de Ação Missionária da IECLB (PAMI), que desdobra a missão da Igreja em: (a) Testemunhar o Evangelho de Jesus Cristo a todas as pessoas no seu contexto (Evangelização), (b) Promover a vivência da fé em Jesus Cristo em Comunidade (Comunhão), (c) Praticar a misericórdia e a justiça (Diaconia) e (d) Celebrar o amor de Deus no mundo (Liturgia). Essa ação acontece prioritariamente por três frentes de ação: (a) Formação, (b) Sustentabilidade e (c) Comunicação.

Em termos de intencionalidade, a Presidência promove a definição, supervisiona e coordena a execução de Prioridades de Gestão, entendidas como as frentes mais importantes e urgentes detectadas pela Presidência, em parceria com os Pastores e as Pastoras Sinodais, os Conselheiros e as Conselheiras do Conselho da Igreja e a Secretaria Geral. Estas frentes são estratégicas para a sustentabilidade de toda Igreja e, por este motivo, mobilizam toda a ação nacional e desafiam os Sínodos a sintonizarem com as prioridades sinodais.

“O que queremos dizer quando falamos em intencionalidade?”, indagou o P. Nestor, que explicou “Qualificar a ação missionária, com cuidado pela confessionalidade e pela unidade confessional, exige prioritariamente: acompanhamento a estudantes de Teologia, processo qualificado de Habilitação ao Ministério, acompanhamento a Ministros e Ministras, qualificação funcional, qualificação da comunicação e qualificação da ação missionária”.

Nesse sentido, foram estabelecidos objetivos gerais com ênfases na dimensão da articulação, da capacitação, da gestão e da produção. A partir destes objetivos gerais, cada Secretaria, Coordenação da Secretaria Geral e a Presidência definiram objetivos específicos e complementares, assim como ações. A Presidência atua especialmente em três frentes: unidade confessional e eclesial, comunicação e ecumene, organizando o seu plano de ação a partir de objetivos específicos. Todo o Relatório da Presidência ao XXX Concílio foi construído a partir destes parâmetros, esclareceu o P. Nestor.

“O nosso empenho, zelo e cuidado, em todos os níveis da Igreja, não estão a serviço do membro e da Comunidade, mas a serviço do Senhor da Igreja, de sorte que membros, individualmente e por meio da Comunidade, sejam testemunhas do Evangelho. Com a poesia e a melodia do hino Graças, Senhor eu rendo muitas graças (HPD 249), desejo reunir em coro toda a IECLB para externar o meu sentimento de gratidão! Graças, Senhor, pelos membros da IECLB, pelas Comunidades, pelos Ministros e pelas Ministras, pelas lideranças, pela equipe na Sede da IECLB, pelos grupos, pelas representações e pelas parcerias, pelos momentos e ocasiões onde e com quem pudemos estar, dialogar, debater, planejar, sonhar, vibrar e sofrer solidariamente, procurando, da melhor forma, responder, em fidelidade ao Evangelho, servindo na Tua missão. Amém!”, agradeceu o Pastor Presidente da IECLB, finalizando a sua apresentação.

Agenda
Para a quinta-feira, a agenda do XXX Concílio da Igreja prevê, ainda, os seguintes momentos:
- a apresentação do Relatório da Secretaria Geral, pela Diác. Ingrit Vogt, Secretária Geral da IECLB;
- plenária sobre a temática “Por uma Comunidade Missional: agora são outros 500”;
- palestra “A missão em Paulo: por uma Comunidade Missional”, pelo P. Dr. Renato Raasch;
*A cada dia, as atividades são iniciadas e encerradas com devocionais especialmente preparadas para o XXX Concílio.


Veja todas as notícias do Concílio


Autor(a): Letícia Montanet - Jornalista
Âmbito: IECLB / Instância Nacional: Concílio
ID: 39956
MÍDIATECA

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

A oração precisa ter o coração todo para si, por inteiro e exclusivamente, para que seja uma boa oração.
Martim Lutero
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Tu és o meu Deus, eu te louvarei. Tu és meu Deus, eu anunciarei a tua grandeza.
Salmo 118.28
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br