IECLB e Dia Mundial de Oração - DMO



ID: 2706

Informação sobre o país - Bahamas

Dia Mundial de Oração - 2015

17/11/2014

DIA MUNDIAL DE ORAÇÃO
Elaborado pelo Comitê do DMO das Bahamas 6 de março de 2015
Tema - Jesus disse: Vocês entenderam o que eu fiz?

Informação sobre o país

GEOGRAFIA

O arquipélago das Bahamas é uma extensão de água com muitas ilhas espalhadas. Abarca aproximadamente 160 mil quilômetros quadrados de água, no Oceano Atlântico. Bimini, a ilha mais ao norte, está aproximadamente a 240 quilômetros da costa da Flórida, EUA. De Inágua, ilha mais ao sul, pode ser visto o resplendor das luzes de Cuba e do Haiti. Na Ilha Cat está o ponto mais alto, Monte Alvérnia, com altitude de 63 metros. Andros é a ilha mais extensa, com um comprimento de 160 quilômetros e 72 de largura, no ponto mais largo. A capital Nassau está situada na ilha Nova Providência. Por estar nos trópicos, a temperatura das Bahamas é quente na maior parte do ano. Os furacões geralmente chegam entre junho e outubro.

A fauna está presente nas Bahamas, tanto na terra, como no mar.

• Em terra, podem se encontrar os belos flamingos rosa, que medem aproximadamente 1,25 metro em seu estado adulto. É a ave nacional das Bahamas. Além dos flamingos, há mais de 140 espécies de aves autóctones e migratórias. Há abundância de lagartos e iguanas de rocha. Não há serpentes venenosas nas Bahamas.

• No mar, em um simples passeio por águas pouco profundas, perto da praia, encontrar-se-ão caranguejos, caracóis, ouriços, estrelas do mar e até tubarões.

Navegando pelas Bahamas, se veem muitos faróis. Em um país onde a extensão de água é maior do que a da terra, os faróis são necessários — uma lembrança da luz de Deus, que sempre nos guia a portos seguros.

POPULAÇÃO

O último censo registrou uma população de 353.658 habitantes, sendo 85% afrodescendentes. A língua oficial é o Inglês, mesclado com um dialeto conhecido como Smokey-Joe. Os primeiros europeus chegaram em 1492. Antes da sua chegada, as ilhas eram habitadas por cerca de 45.000 índios lucaianos e aruaques, que chegaram entre os anos 500 e 800 D.C. Entre 1509 e 1511 a população indígena foi dizimada e/ou escravizada e transportada para a República Dominicana, para trabalhar em minas de ouro. O arquipélago permaneceu desabitado até a chegada dos Aventureiros Eléutheros, em 1643. Estes eram colonos puritanos da Colônia Inglesa de Bermuda. Fundaram Eléuthera (palavra grega que quer dizer liberdade) e se propuseram estabelecer uma colônia onde poderiam praticar livremente sua religião. Em 1666, outros colonos ingleses estabeleceram outra colônia em Nova Providência e fundaram Nassau. Entre 1713 e 1718 cerca de mil piratas se estabeleceram em Nassau, fundando a República Corsária que permaneceu até o final de 1718. Daí em diante, o comércio restabeleceu-se novamente. No século 18 foram trazidos muitos africanos para trabalhar nas plantações. Em 1783, entre 6 mil e 8 mil legalistas de Nova York, Flórida, Carolina do Sul, Virgínia e Geórgia (EUA), emigraram com seus escravos para as Bahamas. Sua chegada produziu grande impacto social, econômico e político.

A abolição da escravatura deu-se em 1838.

O turismo nas Bahamas foi incrementado após o embargo dos Estados Unidos a Cuba, em 1961. Free Port, na ilha de Gran Bahamas, tornou-se uma Zona Franca de Comércio. O sigilo bancário, a ausência de impostos sobre a renda de sociedades e ingressos particulares produziu um crescimento rápido no setor financeiro.

ORGANIZAÇÃO POLÍTICA

No século dezessete o país foi colonizado pelos britânicos. Atualmente a Comunidade das Bahamas é uma monarquia constitucional e a rainha Elizabeth II é a chefe do Estado. Os bahamenses conseguiram o autogoverno em 1964 e a independência total dentro da Comunidade Britânica de Nações, em 1973. Em 1956 a Assembleia aprovou uma lei anti-discriminatória, para promover a igualdade étnica, o que deu à população afro caribenha acesso aos direitos que se lhe negavam até então. O movimento do sufrágio feminino assegurou o voto para as mulheres em 1972.

SISTEMA EDUCATIVO

A educação é o principal veículo para promover o desenvolvimento de um povo. A meta principal é assegurar que todas as pessoas, nas Bahamas, se desenvolvam, física, mental, social e espiritualmente, para serem responsáveis e produtivas em uma sociedade cada vez mais dinâmica, cientifica e tecnológica. Todas as ilhas das Bahamas têm escolas públicas primárias e secundárias e, em algumas das ilhas, foi implantado um sistema de escola para todas as idades. Há 266 escolas, entre públicas e privadas. A frequência à escola é obrigatória entre as idades de 5 a 16 anos. O Governo oferece alojamento fora dos edifícios escolares para adolescentes grávidas solteiras, para que possam continuar sua educação durante e depois da gravidez.

Em 1974 foi fundada a Universidade das Bahamas, como instituição de educação terciária, que exige um valor mínimo para os gastos de inscrição. São oferecidas bolsas de estudos para estudantes para ambos os sexos, desde que cumpram certos requisitos.

SAÚDE

O serviço do Ministério da Saúde tem uma rede de 28 centros de saúde, 33 clínicas principais em Nova Providência e 35 clínicas satélites, estendidas pelas 30 ilhas bahamenses. O atendimento de mulheres grávidas pelo serviço pré-natal é intenso, inclui exames gerais e detecção do vírus HIV. Uma área que exige atenção é a promoção da amamentação materna: menos da quarta parte dos recém-nascidos são alimentados exclusivamente pelo peito, nas primeiras 4 semanas. Há um aumento da incidência de câncer de mama e de próstata, por isso aos serviços de cuidados oncológicos são destinados espaços mais amplos e melhores equipamentos.

A CONDIÇÃO DA MULHER

Em 1992 foi eleita a primeira mulher para o Parlamento. Desde então, o país tem tido mulheres presidentes do Tribunal de Apelações e do Senado, membros do Parlamento, uma deputada, uma governadora geral e uma vice primeira ministra. Também há mulheres que ocupam altos postos no corpo de polícia.
Legalmente, as mulheres têm o mesmo status que os homens, mas estes tendem a controlar os postos de maiores salários e status. Ainda que haja mulheres que ocupem posições proeminentes, a situação das mulheres pobres, com baixo nível de educação formal, não mudou muito. Nas ilhas de maior movimentação turística, as mulheres têm trabalho nos hotéis e restaurantes.

ARTE E CULTURA

A maneira bahamense de viver tem suas raízes históricas em uma única mescla de costumes e tradições herdados dos britânicos, que colonizaram as Bahamas durante mais de 300 anos, e os dos africanos, que foram trazidos como escravos.

As Bahamas têm produzido muitos artistas de fama internacional, incluindo o vencedor do Prêmio da Academia, Sir Sidney Poitier (Lírios do Campo, 1964). Junkanoo é um festival nacional, cujo desfile acontece tradicionalmente nos dias 26 de dezembro e Ano Novo. Pessoas vestidas com trajes de papel crepom colorido, desfilam ao som de cincerros, tambores de pele de cabra, apitos e cornetas de chifres.

RELIGIÃO

O Cristianismo se estabeleceu nas Bahamas em 1647, trazido pelos Aventureiros EléutherosA Catedral Anglicana, Igreja de Cristo, foi estabelecida em 1670.
São diversas as denominações cristãs existentes nas Bahamas. O Cristianismo é a religião dominante.

No preâmbulo da Constituição de 1973, estão registradas as palavras: Nós, herdeiros e sucessores desta Família de Ilhas, reconhecendo a supremacia de Deus e crendo nos direitos e liberdades fundamentais do indivíduo, proclamamos aqui e agora, em louvor solene, o estabelecimento de uma livre e democrática nação soberana, fundada sobre valores espirituais em que nenhum homem, mulher ou criança, será escravo ou servo de ninguém, nem seu trabalho explorado ou suas vidas frustradas por privação e, aqui e agora proclamamos, mediante estes artigos, a indivisível Unidade e Criação da Comunidade das Bahamas, sob a direção de Deus.

DIA MUNDIAL DE ORAÇÃO NAS BAHAMAS

A primeira celebração do Dia Mundial de Oração foi em 1950 e realizou-se na Igreja Presbiteriana em Nassau. Durante as duas décadas seguintes essa Igreja foi o lugar da reunião do culto anual. No início dos anos 70 formou-se um comitê de mulheres representantes das denominações mais importantes nas Bahamas. Atualmente o Dia Mundial de Oração é celebrado em 6 ilhas e espera-se que o Culto de 2015 seja realizado em todas as ilhas.


Veja fotografias sobre o país
 


Âmbito: IECLB / Organismo: Dia Mundial de Oração - DMO
Natureza do Texto: Vários
ID: 31510
O Espírito Santo permanece com a santa congregação, ou cristandade, até o dia derradeiro. Por ela, nos busca e dela se serve para ensinar e pregar a Palavra, mediante a qual realiza e aumenta a santificação, para que, diariamente, cresça e se fortaleça na fé e em seus frutos, que ele produz.
Martim Lutero
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br