Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil e Ecumene



ID: 2676

Igrejas se juntam na contagem regressiva dos 500 anos da Reforma

IECLB e IELB lançam oficialmente a data que antecede os 500 anos da Reforma Luterana - Lajeado/RS

18/06/2016

comissao-500anos
DSC_0189
DSC_0147
1 | 1
Ampliar

Faltam 500 dias para os 500 anos da Reforma Luterana. A Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB) e a Igreja Evangélica Luterana do Brasil (IELB) realizaram neste sábado (18) o Lançamento dos 500 dias que antecedem os 500 anos da Reforma Luterana. O evento ocorreu no 14º Festival do Livro Gustavo Adolfo, que este ano leva o tema “Rumo aos 500 anos de Lutero”. O evento contou com a presença de membros das Comunidades, autoridades locais e imprensa a fim de registrar oficialmente a contagem regressiva para a data de comemoração que será dia 31 de outubro de 2017.

O secretário do ministério com ordenação da IECLB, Pastor Marcos Bechert conta que atualmente existe confusão no pensamento das pessoas, afinal são muitas doutrinas e filosofias querendo captar a mente e a consciência de cada um. Segundo ele, é importante poder destacar a Reforma Luterana e o pensamento de Martinho Lutero de que não é necessário fazer sacrifícios nem financeiros, nem pessoais para conquistar o amor de Deus e a salvação, afinal ele é uma oferta gratuita. “Quando se destaca os 500 dias para os 500 anos precisamos firmar a importância da graça de Deus.”
O Pastor Edelberto Rubem Estachovski é conselheiro distrital do Alto Taquari e define o Lançamento como uma ocasião importante para as Igrejas divulgarem seus trabalhos e destacarem o centro da reforma como a valorização do ensino da Palavra de Deus, especialmente a salvação pela graça de Deus mediante a fé em Jesus Cristo. “Lutero deixou um legado para a Igreja Luterana e Cristianismo como um todo. A centralidade e a salvação continuam sendo as maneiras de recebermos a palavra de Deus como um guia que nos mostra o caminho que devemos seguir”, diz o Pastor.

Contagem regressiva

O coordenador ministerial da IECLB em Lajeado, Pastor Eric Nelson considera o evento uma amostra de como vale a pena organizar algo em conjunto, somando conhecimentos e esforços. “Experimentamos alegria e concluímos algo que traz benefícios para a Igreja e sociedade. Queremos deixar visível para as pessoas o que foi a Reforma, qual a importância e convidar todos para darem atenção e valorizarem a partir disso o que esse acontecimento da idade média trouxe para os dias de hoje”.

No Culto de domingo realizado na Igreja de Cristo da IECLB, o Colégio Evangélico Alberto Torres (CEAT) teve uma participação especial. Através dos alunos e professores foram apresentadas as teses que questionaram atitudes e posturas de Martin Lutero. “Pensamos sobre as teses e questionamos atitudes nos dias de hoje”. Também ocorreu a apresentação oficial da Rosa de Lutero recriada no jardim da Igreja, doada pelo Grupo Priscila. “A rosa é um símbolo e através do formato dela, lembramos aspectos da vida cristã, promessas e ensinamentos de Deus”, diz Nelson.

Reforma Luterana

Um dos organizadores do evento foi Pastor da IELB, Mário Hartmann, que define o Lançamento como uma relevância histórica da Reforma Luterana por aquilo que Martinho Lutero trouxe em uma época de dificuldades políticas, sociais, religiosas e econômicas. “As pessoas tinham desesperanças, desilusões e desânimos. Dentro do contexto, Lutero sentindo e vivendo tudo isso, redescobriu o Evangelho em Cristo e começou a ver a vida a partir da perspectiva de Cristo, destacando a importância da palavra de Deus.” Hartmann destaca que a Reforma espalhou valores e princípios no mundo inteiro, como base de fé e vida. “Queremos juntos chamar atenção da sociedade que o marco na história não foi só no passado, mas está no presente e no futuro.”

A partir desses 500 dias que antecedem a Reforma, as Igrejas querem chamar atenção para o que Lutero pregou, tendo como princípios a educação, vida boa e justa, além de condições igualitárias para todos, assim como fez Jesus Cristo.

As mulheres marcaram desde a Reforma Luterana

Renate Schreiner é uma das mulheres que compõe a Comissão dos 500 dias organizada pelas duas igrejas. Junto com a Pastora Miriam Diefenthaeler, defende os princípios e a importância da mulher desde o século XVI, quando Lutero defendeu o casamento dentro da igreja. “Ele casou com uma ex-freira chamada Catarina, teve família e buscou incluí-los em todas suas ações. Realizava reuniões em casa junto com família e a esposa que foi a provedora do lar, a organizadora das viagens, a anfitriã de adeptos do movimento da reforma, a catequista, aquela que orava e lia a Bíblia para as crianças”. Renate salienta que a partir daí cada vez mais as mulheres foram incluídas, sem serem vistas apenas com o “servir”. Lutero também defendeu que as escolas fossem mistas.

Para a Pastora Miriam o que também chamou a atenção é o resultado da tarde desse sábado. O público feminino teve um grande destaque e todo o carinho, reflexão e perspicácia das mulheres foi fundamental na organização da tarde, mostrando que as mulheres estão muito além da cozinha e da casa. Para a Pastora, Lutero nasceu e cresceu numa sociedade patriarcal e olhando para sua história se percebe a “hermenêutica da suspeita”. “Sinto um orgulho imenso em participar de uma Igreja que ordena mulheres nos diferentes ministérios e tem dado um testemunho de avanço nas mazelas culturais que segregavam homens e mulheres e que muitas vezes são perpetuadas na atualidade”.
Conforme Miriam, Lutero marcou a história da humanidade pela sua contribuição à Igreja, à sociedade e à educação. “Lembramos que o Catecismo Menor, por ele escrito, foi o primeiro livro de alfabetização utilizado”, relembra a Pastora.

Festival do Livro Gustavo Adolfo

O diretor do Colégio Sinodal Gustavo Adolfo, Edson Wiethölter, afirma que foi uma satisfação acolher o Lançamento dentro do Festival do Livro. “Foi um orgulho por sermos uma das escolas que é o reflexo do trabalho de Lutero. Junto com os 500 anos, estaremos festejando nossos 50 anos de existência em Lajeado e o Festival do Livro traz a temática para que consigamos agregar valores”. O diretor destaca que com certeza esse foi o tema mais imponente que a escola teve no Festival, afinal Lutero deu acesso à escrita e leitura e gerou a passagem da oralidade para história escrita. “Falar de Lutero é falar de literatura, escrita e isso tudo combina muito com nosso Festival”, diz o diretor, salientando que todo o evento será alusivo a data, além de o assunto estar sendo tratado constantemente dentro da sala de aula.

O Festival do Livro fez a doação e entrega oficial de contadores dos 500 dias para presentear as entidades locais.

MÍDIATECA

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Quem está unido com Cristo é uma nova pessoa.
2Coríntios 5.17
REDE DE RECURSOS
+
A oração precisa ter o coração todo para si, por inteiro e exclusivamente, para que seja uma boa oração.
Martim Lutero
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br