Presidência da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil



Rua Senhor dos Passos , 202 V andar - Centro
CEP 90020-180 - Porto Alegre /RS - Brasil
Telefone(s): (51) 3284-5400
presidencia@ieclb.org.br
ID: 2275

Pa. Sílvia Genz - Pastora Presidente da IECLB

Gestão 2019-2022

21/10/2018

Pa. Silvia Genz - Pastora Presidente da IECLB - Gestão 2019-2022 - XXXI Concílio da Igreja
Presidência da IECLB - Gestão 2019-2022 - XXXI Concílio da Igreja
Presidência da IECLB - Gestão 2019-2022 - XXXI Concílio da Igreja_
1 | 1
Ampliar

Compartilhamos algumas informações pessoais, bem como reflexões sobre temas importantes para a IECLB, da Pa. Sílvia Beatrice Genz, eleita Pastora Presidente da IECLB (gestão 2019-2022) durante o XXXI Concílio da Igreja, realizado entre os dias 17 e 21 de outubro de 2018, sob o tema Viver o Evangelho: empatia, compaixão, comunhão..., tendo como sede a Paróquia Cristo Redentor de Curitiba/PR e o Sínodo Paranapanema.

Para a Presidência da IECLB, também foram eleitos o P. Odair Braun e o P. Dr. Mauro Batista de Souza, respectivamente, 1º e 2º Vice-Presidentes.

O Concílio da Igreja, órgão deliberativo máximo da IECLB, é realizado, ordinariamente, a cada dois anos, sempre em uma Comunidade da Igreja. Entre representantes, lideranças, Delegados, Delegadas, convidados ecumênicos, convidadas ecumênicas e equipe de apoio, participam do Concílio em torno de 200 pessoas.


Acredito que não podemos jamais perder a leveza com a qual encaramos os processos.
Leveza é fruto da ética e da espiritualidade cristã.

Pa. Sílvia Beatrice Genz
outubro/2018


PASTORA SÍLVIA BEATRICE GENZ
Nascimento: 19 de novembro de 1956, em Linha Nova, interior de Santa Cruz do Sul/RS
Filiação: Leonildo Genz e de Norma Maurer Genz (ambos em memória)
Residência: Estrada Geral, Picada 48 Baixa, em Lindolfo Collor/RS

Formação
Ensino Fundamental (séries iniciais) - Linha Nova, em Santa Cruz do Sul/RS
Ensino Fundamental (5º ao 8ºano) - Colégio Sinodal Mauá, em Santa Cruz do Sul/RS
Ensino Médio - Instituto Pré-Teológico, em São Leopoldo e Ivoti/RS
Graduação em Teologia - Faculdade de Teologia, em São Leopoldo/RS
Estágio do Curso de Teologia: Colorado do Oeste/RO
Preparação e ingresso na Irmandade na Casa Matriz de Diaconisas, em São Leopoldo/RS

Campos de Trabalho
1983 - Paróquia Evangélica de Confissão Luterana em Palmitos/SC
1992 - Paróquia Evangélica de Confissão Luterana em Marques de Souza/RS
2001 - Paróquia Martin Luther em Erval Seco/RS (tempo parcial - 50%)
2001 - Coordenação do Conselho de Formação e Diaconia do Sínodo Uruguai
2006 - Paróquia Evangélica de Confissão Luterana em Chapecó/SC
2012 - Comunidade Evangélica de Confissão Luterana em Picada 48 Baixa, em Lindolfo Collor/RS

Atuação em Instâncias da IECLB
Membro do grupo de apoio da Região Eclesiástica VI
Pastora Vice-Distrital do Distrito Uruguai
Pastora Vice-Sinodal do Sínodo Uruguai
Pastora Vice-Sinodal do Sínodo Vale do Taquari
Pastora 2ª Vice-Presidente da IECLB (2010 - 2014)
Pastora 1ª Vice-Presidente da IECLB (2015 - 2018)
Representante da IECLB na Consulta Global de Igrejas
Representante da IECLB na preparação da IV Consulta da OMEL, na Índia
Parceiras da Obra Missionária Evangélica Luterana (OMEL) na Baixa Saxônia, na Alemanha
Representante da IECLB na reunião da CILCA nas assinaturas dos convênios entre CILCA e ELKB e convênio tripartite entre CILCA - IECLB - ELKB, em El Salvador
Conselheira da Luterprev
Membro da Comissão de Liturgia da IECLB
Pastora Orientadora da OASE, Culto Infantil e pessoas Idosas
Assessorias em Comunidades, Paróquias e Sínodos
Representação da Presidência da IECLB (Pastora Vice-Presidente) em todos os Sínodos da IECLB.

Visão de Ministério
Nas Paróquias, o meu trabalho sempre se voltou para a edificação de Comunidades, por meio da formação de lideranças, da elaboração de material, da animação da Comunidade e na resolução de conflitos, buscando a reconciliação. A minha postura tem sido assumir o papel de líder espiritual, sem, no entanto, deixar de ser simples e compreensiva, especialmente com as ovelhas mais enfraquecidas. Busquei sempre participar em cursos e atualizações teológicas. Zelo pela Teologia e pela confessionalidade evangélico-luterana, mas com postura ecumênica. Ao iniciar o trabalho em um novo campo, procuro conhecer a realidade e, em diálogo constante e profundo com o Presbitério e todas as lideranças dos grupos da Paróquia, planejamos e desenvolvemos o trabalho de missão, sempre respeitando as decisões e os documentos da IECLB.

Chamada para Servir
Fui chamada por Deus para servir. Dediquei 34 anos da minha vida ao Ministério Pastoral na IECLB. Atuei sempre em Comunidades. Como mulher, Pastora Ordenada e integrante da Irmandade Evangélica Luterana, tenho o privilégio de estar muito próxima da vida, dos anseios e das necessidades das pessoas que integram as Comunidades e da sua contínua busca por sustentabilidade. Nos últimos oito anos, além de atuar como Ministra responsável pelo trabalho em Paróquia, fui eleita para integrar a Presidência da IECLB. De 2011 a 2014, atuei como Pastora 2ª Vice-Presidente e, desde janeiro de 2015, como Pastora 1ª Vice-Presidente. Nesse tempo, acompanhei bem de perto as reflexões dos Concílios, do Conselho da Igreja, das reuniões com Pastores e Pastoras Sinodais e de Igrejas parceiras, tanto no Brasil como no exterior.


PROPOSTAS COMO PASTORA PRESIDENTE

Comunidade a serviço da vida
Na espiritualidade luterana, a fé é sustento e inspiração da vida. Concretiza-se pelo viver, por isso, fé e vida são inseparáveis. No testemunho e no movimentar missionário, alcançamos as pessoas em suas aflições e alegrias, porque assim vivemos da graça e da esperança no Cristo que oferece vida em abundância (Jo 10.10). Confiante no amor de Deus, a Comunidade Evangélica de Confissão Luterana caminha e é testemunha de Jesus Cristo. No processo de construção contínua e aprendizagem mútua, pessoas tão diferentes e tão humanamente iguais são desafiadas pelo Evangelho para o testemunho da misericórdia, da compaixão e do amor de Deus. Assim, em uma Comunidade que caminha a serviço da vida, confessar pecados e assumir a responsabilidade pelas consequências do pecado são parte do processo de reconciliação do ser humano com Deus, com a pessoa próxima e com toda a Criação. Outra preocupação é o acompanhamento das pessoas membro que vivem distantes de uma Comunidade. O nosso desafio é “ser Igreja próxima a essas pessoas”.

Permanente Avaliação
Avaliar a caminhada é uma necessidade constante na vida da Igreja para seguir os passos de Jesus Cristo como o caminho, a verdade e a vida (Jo 14.6). O modelo de organização deve favorecer a fluência das ações missionárias e a proclamação do Evangelho. Após 21 anos de experiência no atual modelo, é chegada a hora de analisar o que o Fórum de 2005 já sinalizou: O que funciona? O que é preciso fortalecer? O que impede a fluidez dos processos institucionais e comunitários? O que é preciso revisar? A avaliação deve envolver Comunidades, Paróquias e Sínodos de toda a IECLB para manifestação sobre o que melhorou e o que deve ser revisto. Como Pastora de Comunidade e participante em Assembleias Sinodais, tenho escutado que a Direção da Igreja está mais próxima das Comunidades a partir da presença de Pastores e Pastoras sinodais. Percebo, no entanto, que Pastores e Pastoras Sinodais têm tido uma sobrecarga de trabalho administrativo. Outro aspecto destacado por pessoas de Comunidades é que a contribuição em forma de dízimo, e não de cotas, tem sido avaliada como um grande avanço. Por outro lado, é preciso reconhecer que, em Sínodos com grandes distâncias, existe a dificuldade da participação de membros em eventos sinodais. Tendo por referência a missão da IECLB, ressalto a importância da avaliação permanente, em especial no tocante às condições de exercício do Ministério com Ordenação e do Sacerdócio Geral, bem como da sustentabilidade das Comunidades na Missão da Igreja.

Comunicação
A comunicação tem passado por grandes transformações em todo o mundo. A Internet modificou a relação das pessoas em geral com os meios de comunicação. Podemos dizer que o acesso à informação se popularizou. Essa realidade é um convite à Igreja para que adapte as suas formas de comunicar aquilo que acontece em seu meio. Devemos considerar que existem novos hábitos de leitura, e isso requer novas formas de comunicação. A Igreja não pode, porém, descuidar do seu papel educador, de promover desenvolvimento cultural, contribuindo com a formação de pessoas cidadãs, por isso, ao mesmo tempo em que a Igreja é desafiada em todas as suas instâncias a diversificar os seus meios de comunicação, possibilitando uma comunicação mais rápida e direta com as pessoas e grupos, ela também é chamada a manter e desenvolver as formas já tradicionais de comunicação, tais como os diversos jornais e a literatura cristã. Na comunicação também se enquadram as manifestações públicas da Direção da Igreja. Entendo que estas devem ser apresentadas, via de regra, de forma propositiva. Existem grandes temas sobre os quais se pode conversar antes que seja necessário reagir a conflitos que deles decorrem. Para estabelecer um diálogo mais próximo com as Comunidades, proponho a edição de uma palavra pastoral mensal. Agilidade e rapidez no ouvir será uma meta constante, sempre respeitando o tempo que envolve a dinâmica das próprias Comunidades.

Acompanhamento a Pastores e Pastoras Sinodais e Sínodos
Pastorear é uma tarefa constante. Se usarmos a figura do Pastor com as suas ovelhas para nos referirmos à relação entre Ministros, Ministras e pessoas membros das Comunidades, precisamos considerar que é necessário cuidar e acompanhar as ovelhas em suas alegrias e suas tristezas. Entre Ministros e Ministras, porém, é assim que também quem pastoreia precisa de acompanhamento. Ministros e Ministras enfrentam solidão. Ouvir e ser ouvido faz bem e é necessário no contexto em que cada qual está. A Constituição da IECLB afirma, em seu artigo 36, inciso VI, que uma das tarefas da Presidência é assistir pastoralmente os Pastores [e as Pastoras] Sinodais nas dificuldades decorrentes do exercício da função e na vida pessoal”. Para que isso aconteça, é fundamental visitar e dialogar diretamente com Pastores e Pastoras Sinodais e suas famílias. Ministros e Ministras precisam de um olhar atencioso e cuidadoso e de espaços seguros de escuta atenta, espaços para nutrir a espiritualidade pessoal e familiar, para ouvir a Palavra de Deus e orar.

Formação
Herdeira da Reforma Luterana, a IECLB tem no Sacerdócio Geral um dos seus mais importantes diferenciais. Todo o trabalho da Igreja e a sua ação no mundo precisam ser realizados de acordo com o Evangelho que, pela graça de Deus, fundamenta a espiritualidade evangélica luterana. A fé no Trino Deus é a força que move a Igreja e os trabalhos por ela desenvolvidos nos mais diferentes contextos. Sem uma espiritualidade consciente, deixamos de ser a Igreja que queremos ser. É ela que dá solidez à vocação e ao trabalho desenvolvido por pessoas que atuam no Ministério com Ordenação e por lideranças comunitárias, tanto na Igreja como no testemunho público cotidiano. É necessário avaliar, atualizar e articular de forma amplamente participativa os processos de formação e programas vinculados à formação de lideranças comunitárias, Ministros, Ministras, Candidatos, Candidatas ao Ministério e estudantes de Teologia, a fim de que sejam fiéis à Palavra de Deus e no cuidado com as pessoas. Todos os processos e programas devem levar à edificação de Comunidades e transformação de vidas nos mais diversos contextos. Necessitamos fortalecer e ampliar a comunicação com os Conselhos Nacionais Assessores do Conselho da Igreja, pois eles são a voz dos Sínodos e são de fundamental importância nesse processo.

Sustentabilidade
O que sustenta a Igreja é a Palavra de Deus. Em resposta a ela e em gratidão a Deus, ofertamos os nossos dons e recursos ao serviço do Reino. Nas Comunidades, é importante fortalecer a reflexão sobre “Fé, Gratidão e Compromisso”. O nosso compromisso refere-se especialmente à participação na Missão de Deus. À Comunidade, cabe sempre incentivar a participação do maior número possível de pessoas no planejamento das ações existentes e nas novas frentes missionárias.

Testemunho Público
É fundamental o testemunho da Igreja de Jesus Cristo como espaço seguro, de vivência da fé em Comunidade, de ambiente democrático que reconhece mulheres e homens como pessoas criadas à imagem e semelhança de Deus, de reafirmação do diálogo como modo de assegurar o respeito às diferenças, de manutenção do propósito de ser semente de paz e de esperança em meio às situações de conflito e guerra. O testemunho público da IECLB é em favor da construção de processos de paz, sem deixar de ser voz clara de solidariedade para com as pessoas sofridas e angustiadas. Ela quer ser apoio, consolo e presença da Palavra de Deus revelada em Jesus Cristo para todas as pessoas, independente de situações e contextos. Testemunho público da Igreja envolve a forma como ela lê, compreende e interage com a realidade e se posiciona frente aos desafios que essa realidade apresenta.

Mensagem às Comunidades
Na condição de Pastora Presidente da IECLB recém-eleita, agradeço a Deus pela Igreja que somos e aproveito para convidar vocês, irmãos e irmãs em Cristo, a, em comunhão, sermos Igreja reconhecida pelas suas Comunidades, atrativas, inclusivas e missionárias, que atuam em fidelidade ao Evangelho de Jesus Cristo, destacando-se pelo testemunho do amor de Deus, pelo serviço em favor da dignidade humana e pelo respeito à Criação. A nossa tarefa é ser Igreja que carrega, que abarca e acompanha mais gente, desde o nascimento até a despedida, pois a Igreja, a Comunidade, é formada por pessoas que carecem do perdão, que carecem da Graça de Deus. Que Deus nos ajude nessa tarefa!
 


Autor(a): Comunicação Presidência IECLB
Âmbito: IECLB / Instância Nacional: Presidência
ID: 49724

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Cristo nos libertou para que nós sejamos realmente livres.
Gálatas 5.1
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e sempre.
Hebreus 13.8
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br