6º Dia Sinodal da Igreja no Sínodo Vale do Taquari

06/08/2009

SÍNODO VALE DO TAQUARI
Av. 1 Oeste – Travessa Oeste, 41
95890-000 Teutônia RS

Nota
 

A conjuntura de difusão do vírus da Gripe A no Vale do Taquari e a consequente responsabilidade pelo zelo da vida de seus membros, levou o Sínodo Vale do Taquari a cancelar a realização do 6º Dia Sinodal da Igreja que aconteceria no próximo dia 16 de agosto em Imigrante. A decisão segue orientações das autoridades de saúde da região, tem o apoio de obreiros e obreiras da IECLB, das diretorias paroquiais consultadas, assim como também da comunidade imigrantense e da prefeitura municipal local.

O Dia Sinodal da Igreja tem servido como impulso para a vida de fé das 58 comunidades e 15 paróquias do Sínodo, mas neste momento julgamos mais importante o cuidado com a saúde das pessoas, diz o P. Irineo Boettcher, coordenador do evento. A igreja não poderia carregar o ônus de não contribuir com os cuidados que estão sendo recomendados pelas autoridades sanitárias para evitar o eventual contágio da gripe, complementa a presidente Gladis Dickel. Inclusive a direção sinodal tem alertado para outros cuidados na vida da igreja, como, por exemplo, realizar os cerimoniais de sepultamento ao ar livre, celebrar a Santa Ceia com a intinção da hóstia no cálice e até o cancelamento de algumas atividades, sempre seguindo as orientações locais.

A partir deste dia (6 de agosto) também os grupos e pessoas convidadas para o 6º Dia Sinodal da Igreja estarão sendo avisados de seu cancelamento. Entre os convidados estavam o Grupo de Música Ânima da Escola Superior de Teologia de São Leopoldo, o Grupo de animação infantil do Instituto Superior de Educação de Ivoti, o Conselho de Missão entre Índios, o Centro de Apoio ao Pequeno Agricultor, a Pastoral da Educação de Cruzeiro do Sul, a casa de hospedagem São Lucas de Porto Alegre (que acolhe pessoas que aguardam transplante e familiares de pessoas doentes), a Fundação Luterana de Diaconia com o grupo de Catadores. Também a delegada Márcia Scherer com um grupo de delegados tinha confirmado presença para desafiar as comunidades a se engajarem na luta contra as drogas em nossa região. As pessoas que viajaram para a Rondônia no intercâmbio com o Sínodo da Amazônia também dariam seu testemunho. Outro atrativo programado, que terá que ficar para outra oportunidade, era a participação da Orquestra Municipal de Imigrante. Informa o Pastor Sinodal Marcos Bechert que a direção do Sínodo futuramente, com mais calma, deverá definir pelo cancelamento definitivo do encontro ou prever sua realização em outra data.

 

COMUNICAÇÃO
+
O maior erro que se pode cometer na cristandade é não zelar corretamente pelas crianças, pois, se queremos que a cristandade tenha um futuro, então, precisamos preocupar-nos com as crianças.
Martim Lutero
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br