Agradecemos te, ó Jesus, que ressurgiste

Comentário e Reflexão

10/12/2013

HPD 62 – Agradecemos te, ó Jesus, que ressurgiste

O autor da primeira estrofe do hino de Páscoa HPD nº 62 foi o professor e organista de St. Joachimsthal, ►Nikolaus Hermann (ca.1500-1561).

1. Agradecemos-te, ó Jesus, que ressurgiste ao dia, à luz.
Privaste a morte do poder, vieste a vida nos trazer. Aleluia

A melodia é a do hino HPD nº 70, “Glorioso o dia já raiou” (Erschienen ist der herrlich Tag). Texto e melodia deste hino nº 70 também foram compostas por Nikolaus Hermann e publicados no ano 1560, um ano antes de seu falecimento.

No ano 1604 um outro professor, ► Thomas Hartmann (1548-1609), editou uma coleção de vários hinos “corrigidos”, de diversos autores, intitulado de Der kleine Christenschild” (O pequeno escudo dos cristãos). Ali incluiu a estrofe do hino de Páscoa de Nikolaus Hermann e acrescentou uma segunda estrofe:

2. Rogamos-te de coração: Liberta-nos da escuridão!
Ajuda-nos, por teu amor, que te sirvamos com fervor. Aleluia.

No final do século 17 alguém sentiu falta de mais uma estrofe. E em hinário usado na região de Halberstadt acrescentou uma terceira estrofe ao hino de Páscoa do Nikolaus Hermann. Como era costume na época tinha que ser um voto de louvor ao Triuno Deus: 

3. Ao Pai, no trono celestial, Cristo, Filho sem igual,
ao Santo Espírito nos céus: louvor eterno ao Trino Deus! Aleluia!

Encontrou esta estrofe no ”Kinderspiegel oder Hauszucht- und Tischbüchlein”, (Espelho das Crianças ou Livrinho para educação e refeições) editado em 1591 por ►Kaspar Stolzhagen (1550-1594). Ali consta um outro hino de Páscoa “Heut triumphieret Gottes Sohn” (Hoje triunfa o Filho de Deus), um hino de seis estrofes, do qual a última estrofe foi acrescentado como 3ª estrofe ao hino de Páscoa de Nikolaus Hermann.

O hino HPD 62 é, pois, uma oração composta por três autores diferentes que viviam em épocas diferentes e lugares diferentes. Porém, sem dúvida, foram guiados todos pelo mesmo Espírito e serviram ao mesmo Senhor e Deus. Pois é notável como estas três estrofes formam uma unidade. O tema central é a Ressurreição de Jesus. Este tema é subdividido em três partes: 

Agradecimento pela vitória do Ressurreto (1 Coríntios 15.3-20),

Pedido de ajuda do Senhor no sentido de servi-lo na nossa vida diária (Romanos 6.4-14),

Louvor a Deus por ter nos dado viva esperança (1 Pedro 1.3-4).

L.C.

  


Autor(a): Leonhard Creutzberg
Âmbito: IECLB
Hino: 62. Agradecemos-te, ó Jesus
Natureza do Texto: Música
Perfil do Texto: Comentário ou reflexão sobre hino
ID: 26195
REDE DE RECURSOS
+
Tu és o meu Senhor. Outro bem não possuo, senão a ti somente.
Salmo 16.2
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br