Dia da Igreja lembra os 150 anos do primeiro culto luterano do Vale do Itajaí

29/08/2007

1 | 1
Ampliar

 

Tobias Mathies

tobiasmathies@terra.com.br

 

No último domingo (26), a partir das 9h30, no Parque Vila Germânica, aconteceu o Dia da Igreja que comemorou os 150 anos do primeiro culto realizado no Vale do Itajaí, os 130 anos da Igreja do Espírito Santo (Paróquia Blumenau-Centro) e os 100 anos da maior instituição de mulheres do país, a Ordem Auxiliadora de Senhoras Evangélicas (OASE), no Vale do Itajaí. Outras datas comemorativas também foram lembradas no decorrer do evento.

 

Logo no início da manhã, uma abertura multimídia apresentou a colonização do Vale do Itajaí, iniciada em 1850 com 17 imigrantes alemães luteranos. Na seqüência, foi lançado o livro “Centenário da Sociedade Evangélica de Senhoras de Blumenau, que conta a história do trabalho das mulheres, escrito pelo pastor Meinrad Piske e pela senhora Brigitte Fouquet Rosembrock. A Fundação ISAEC homenageou o trabalho da OASE e criou um CD com canções escolhidas pelas próprias mulheres. Por último, os Correios lançaram um selo especial, em comemoração ao centenário da entidade.

 

“Estas datas fazem parte da história da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB). Temos muito orgulho das inúmeras mãos que durante todos estes anos ajudaram a construir um local de grande fé, espiritualidade e engajamento comunitário. A IECLB está em festa”, declarou o presidente da Igreja, pastor Walter Altmann.

 

Para o governador do Estado de Santa Catarina, Luiz Henrique da Silveira, o Vale do Itajaí tem a característica empreendedora e social, graças ao trabalho das entidades não-governamentais e este legado pode ser dirigido principalmente à Igreja Luterana. “O dom da ação é uma característica fundamental do trabalho da OASE, a elas os meus mais sinceros agradecimentos”.

 

O Dia da Igreja, além de relembrar fatos da história do Vale do Itajaí, mostrou os diferentes trabalhos que acontecem hoje em dia, tanto no âmbito eclesiástico quanto na área da educação, social, hospitalar e de inclusão. O “Abraço da Paz”, tema do evento, foi um convite à mudança integral de um novo estilo de vida, com mais responsabilidade sustentável, com atenção às causas sociais e principalmente com a compreensão de um mundo mais humano.

 

No encerramento do evento, uma grande celebração de Ação de Graças, com Santa Ceia, reuniu os quase 3 mil participantes numa profunda reflexão sobre os mandamentos de Deus. “Nós precisamos conhecê-los, aceitá-los e obedecê-los”, resume Altmann. A liturgia foi coordenada pelos pastores Valmor Weingartner e Breno Carlos Willrich. A pastora sinodal Mariane Beyer Ehrat encaminhou a benção.

 

O evento contou, ainda, com a presença do prefeito de Blumenau, João Paulo Kleinubing; dos secretários de Estado do Desenvolvimento Regional, Paulo França; do Desenvolvimento Econômico e Sustentável, Jean Kuhlmann e do Turismo, Cultura e Esporte, Gilmar Knaesel. No campo eclesiástico, a presidente da OASE Nacional, Ani Cheila Kummer e presidentes de outras OASEs sinodais também prestigiam o evento.

Bethânia Guenther

Prédica: Pastor presidente Walter Altmann encaminha mensagem

Bethânia Guenther

Música: Coral com 150 cantores foi uma das principais atrações


Autor(a): Sínodo Vale do Itajaí
Âmbito: IECLB / Sinodo: Vale do Itajaí
ID: 3461
COMUNICAÇÃO
+
Quando Deus não está no barco, não se navega bem.
Martim Lutero
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br