Dia da Igreja na região sul do Sínodo Paranapanema

04/06/2023

0
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
14a
15 (1)
16 (1)
17 (1)
1 | 1
Ampliar

No domingo, dia 4 de junho, paróquias e comunidades de Curitiba e Região Metropolitana celebraram culto de forma ampliada. Aproximadamente 350 pessoas, entre ministros, lideranças e membros, estiveram reunidas no salão paroquial da Comunidade da Cruz, no Hauer.

Inspirada no lema bíblico do biênio – Vocês são o sal da terra. Vocês são a luz do mundo. – um grupo de ministros e lideranças planejou um Dia da Igreja voltado para o louvor, a oração e a reflexão da Palavra. A comunidade em geral foi recebida com um prelúdio feito pelo grupo de metais Sola Fide e a Pa. Roili Borchardt , ministra em atividade na Comunidade da Cruz, saudou a todos e todas com palavras acolhedoras de boas vindas.
O Coralão, nome carinhoso dado à reunião de participantes de diferentes corais, marcou presença desde o início, cantando Gloria Patri e Somos Igreja de Cristo, e dando corpo quando a comunidade toda cantava os outros hinos: Estamos aqui Senhor, Pelas dores deste mundo, Pela palavra de Deus, Trazemos os frutos da terra,...
Para dar início à pregação, o P. Nilton Giese precisou, literalmente, de um tempero. Explicando: na chegada, cada pessoa recebeu um saquinho de pipoca, sem sal. O pastor, então, perguntou sobre a experiência. A maioria reclamou da falta de “sabor”. O problema foi resolvido com uma rápida distribuição de porções individuais de sal. Estava feito o link com Mateus 5.13. O P. Nilton, então, deu continuidade à mensagem, sem se afastar da centralidade de Cristo no Evangelho, mas mantendo a ludicidade e a boa didática.
Logo após a oração de intercessão, conduzida pelo P. Rudolf von Sinner, o P. Alfredo J. Hagsma e Pa. Roana Clara Gums conduziram a liturgia da ceia. E, para a partilha do pão e do vinho, os demais ministros e ministras se espalharam pelo salão e, em torno deles, a comunidade formou pequenos círculos.
Já na parte final do culto foram feitos os avisos: alguns, referentes à continuidade do Dia da Igreja; e outros, voltados ao cronograma de atividades do Sínodo para os próximos dias: o Seminário da ECC “Missão Criança, Culto Infantil e Ensino Confirmatório – uma ponte em construção”, no final de junho foi um deles.
Um intervalo para o almoço permitiu que todos circulassem pelos diferentes stands de vendas, com destaque para a Livraria Martin Luther que, além das muitas opções de livros, tinha uma linha completa alusiva ao tema do ano da IECLB e aos 200 anos de presença luterana no Brasil.
Passada a hora do almoço, era a vez de prestigiar os grupos musicais. Com apresentação conduzida pela Pa. Vera Maria Immich, foram quase duas horas de canções e hinos que agradaram à plateia que mantinha o salão paroquial praticamente lotado: o Grupo Sola Fide, a Banda Brasileira Escola Popular, além dos corais das comunidades Martin Luther, Concórdia, Christuskirche e Melanchton, além do coral Homines Cantantes.
Antes de encerrar as atividades do Dia da Igreja, o P. Nilton agradeceu à colaboração de todos, em especial à comissão organizadora. O P. Alfredo, por sua vez e em nome do Sínodo, também agradeceu e finalizou o evento com uma palavra de oração e bênção.


Texto e fotos: Elizabeth Flemming
  


Autor(a): Elizabeth Flemming
Âmbito: IECLB / Sinodo: Paranapanema
ID: 70538
COMUNICAÇÃO
+
Orar é a obra mais primorosa, por isto é tão rara.
Martim Lutero
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br