Em 1974, Gottschald fala em 30 mil assinaturas

DEPOIMENTO DOS EX-PRESIDENTES

01/08/1988

Em 1974, Gottschald fala em 30 mil assinaturas

Em seu relatório como Pastor Presidente da IECLB ao 7° Concilio Geral, cm Curitiba, em outubro de 1970, Gottschald colocou que o Conselho Diretor havia reconhecido a necessidade da criação de um Departamento Jornalístico da IECLB; em seu relatório ao 8° Concilio Geral, outubro de 1972. em Panambi (RS), ele já fala em 26.000 assinantes do Jornal Evangélico.

Dois anos mais tarde, em 1974, no 9° Concílio, em Cachoeira do Sul (RS), o pastor Gottschald aponta para os 36.003 assinantes e fala da boa equipe de cinco colaboradores da Redação Central, dirigida por Jost Ohler. Coloca, também, que o diagrama do Jornal Evangélico foi alterado para pular sua leitura mais atraente. Quanto ao conteúdo — escreveu Gottschald em seu relatório procura-se dar mais ênfase às questões teológicas, tendo crescido consideravelmente o número de anúncios comerciais O que faltou, entretanto, foi tempo e dinheiro para campanhas de propaganda em grude escala.

CONTENÇÃO DE DESPESAS

Sob o item Redação Central. Karl Gottschald escreveu o seguinte em seu relatório ao 10° Concilio, no ano de 1976, em Belo Horizonte: Este setor de trabalho — Redação Central — foi assumido, a partir de 1° de abril de 1975, pelo pastor filmar Kannenberg (em função do regresso do pastor Jost Ohler para a Europa). Para diminuir as despesas, foi reduzido o corpo redatorial e suspensa a publicação do SEI — Doc (Serviço Evangélico de Informação — Documentação) e SEI — Boletim. De resto, o trabalho continua o mesmo.


Voltar para índice de Um Século de História de Nossa Imprensa 
 

HISTÓRIA
+
O que importa é a fé que age por meio do amor.
Gálatas 5.6b
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br