Nós cremos todos num só Deus

Comentário e Reflexão

10/10/2013

HPD 88 – Nós cremos todos num só Deus

Letra: Martin Luther, 1524, baseado numa estrofe de Breslau 1417 e Zwickau 1500.

Melodia: do século 15, adaptado em Wittenberg 1524.

“Nós cremos todos num só Deus, Criador de céu e terra... (Wir glauben all an einen Gott, Schöpfer Himmels und der Erden) HPD nº 88 é mais um hino da autoria do reformador Martin Luther. Já bem antes do movimento da Reforma existiam duas versões em língua alemã, de uma só estrofe cada, com conteúdo semelhante: a versão de Breslau do ano 1417, e a versão de Zwickau por volta do ano 1500.

A partir do ano de 1523 o jovem Stephan Roth da cidade de Zwickau morava em Wittenberg. Ele frequentava a casa dos Luther. Supõe-se que Roth tenha dirigido a atenção de Martin Luther ao cântico na versão de Zwickau e o tenha estimulado a compor um novo hino. Pois logo no ano de 1524 as três estrofes de Luther foram publicadas na coleção de hinos de Johann Walther em Wittenberg.

Neste hinário de J. Walther elas constam após os hinos de Páscoa e de Pentecoste, antes do hino da Trindade “Gott der Vater wohn uns bei...” (Deus o Pai assista a nós...). No ano de 1526 Luther editou a “Deutsche Messe und Ordnung des Gottesdienstes” (Missa alemã e ordem do Culto). Nela ele substituiu o Credo da missa católica romana pelo hino “Nós cremos todos num só Deus”, ou seja, seu hino se tornou hino de confissão de fé. A partir do ano de 1528 muitos hinários imprimiram como sub-título as palavras “Das Patrem zu deutsch” (O Patrem1  em língua alemã). No entanto, na reorganização dos hinos pelo Hinário de Klug, em 1529, o mesmo coral encontrou lugar entre os hinos para funerais. E em 1542 o próprio Luther o incluiu na sua coleção de “Cânticos cristãos, em latim e alemão, para funerais”.

Em nosso hinário HPD o “Nós cremos todos num só Deus” foi colocado novamente entre os hinos que versam da santíssima Trindade. Pode ser cantado também em lugar do Credo nos nossos cultos, e mesmo para confessar a fé cristã em cerimônias funerais. Pois, ainda que não seja tão extenso como o Credo Apostólico, este hino apresenta um resumo daquilo que nós cremos, inclusive a esperança da vida eterna, após a luta.

No ano de 1963 nove estudantes de teologia da Faculdade de Teologia de São Leopoldo gravaram o primeiro disco LP da IECLB em Português. Ele recebeu o título “Nós cremos todos num só Deus”. Este mesmo hino faz a abertura dos 12 corais desta coleção.

Johann Sebastian Bach compôs algumas obras sobre este tema, p.ex.: BWV 437 Prelúdio coral, BWV 680 fughetta super, BWV 681fughetta, BWV 1098 toccata de órgão.

Ouça , BWV 680 [3:4]

Nota:

1. A expressão PATREM em lugar de CREDO originou-se da liturgia em língua latina. O sacerdote abria o credo cantando “Credo in unum Deum” (Creio em um só Deus), e então o coro respondeu cantando “Patrem omnipotentem” (o Pai onipotente). “Patrem” foi, pois, a primeira palavra que a comunidade reunida cantou.
 


Autor(a): Leonhard Creutzberg
Âmbito: IECLB
Hino: 88. Nós cremos todos num só deus
Natureza do Texto: Música
Perfil do Texto: Comentário ou reflexão sobre hino
ID: 25186
REDE DE RECURSOS
+
A fé é um contínuo e persistente olhar para Cristo.
Martim Lutero
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br