O dia, a luz és tu, Senhor

LCI 349

27/07/1535

 

1. O dia, a luz és tu Senhor.
 Ninguém se oculta a teu fulgor;
 rebrilho eterno, a tua luz
com segurança nos conduz.

2. De nós afasta, com amor,
durante a noite, toda a dor,
toda a tristeza e aflição,
Deus, Pai da comiseração!

3. Dá-nos tranqüilidade e paz, 
protege-nos de Satanás! 
Um sono reconfortador 
concede a todos nós, Senhor!

 4. Supremo rei e defensor, 
em todo o tempo, em toda a dor
proteja e guie a tua luz 
os que remiste pela cruz. 

5. É fraco neste mundo vão 
o nosso corpo; a tentação
nos faze, ó Redentor, vencer, 
por teu amor, por teu poder!

6. Honras ao Pai, glória e louvor! 
  E ao Filho seu, ao Redentor;
ao Santo Espírito também,
por toda a eternidade, amém!


Autoria da letra: Martim Lutero

Autoria da melodia: Hino latino medieval, séc. VI
 
Tradutor: Siegfried Dietschi


Autor(a): Martim Lutero
Âmbito: IECLB
Hino: 280. O dia, a luz és tu, Senhor
Natureza do Texto: Música
Perfil do Texto: Hino
ID: 16404
MÍDIATECA
REDE DE RECURSOS
+
A graça só tem um recipiente - o nosso coração.
Martim Lutero
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br