Sou cordeiro de Jesus

Comentário e reflexão

29/05/2014

HPD 202 – Sou cordeiro de Jesus

Letra: Henriette Luise von Hayn, 1772

Melodia: Christian Gregor, 1784

Textos bíblicos: Salmo 23; Isaías 40.11; João 10.27-28; João 14.1-3

O hino HPD nº 202 Sou cordeiro de Jesus”, no original Weil ich Jesu Schäflein bin (EG nº 363) [I Am Jesus’ Little Lamb ] é um dos hinos mais conhecidos da autoria de Henriette Luise von Hayn. Ela o criou em 1772 para o aniversário natalício de uma amiga. Foi inspirado no Salmo 23. No original teve sete estrofes. O hino foi publicado pela primeira vez em 1778 no hinário dos Irmãos Morávios Gesangbuch zum Gebrauch in ev. Brüdergemeinen .

A melodia é de Christian Gregor (em 1784) Organista e pregador na Comunidade dos Irmãos Morávios. Ele viveu de 1723-1801. Editou, em 1778, o hinário Gesangbuch zum Gebrauch in ev. Brüdergemeinen e, em 1784, um livro coral. Outra melodia para este hino foi composta mais tarde (em 1843) por Friedrich Silcher, (o autor da melodia de “ Por tua mão me guia” HPD nº 174).

A 1ª estrofe exalta o Bom Pastor. Veja, o que foi dito a respeito dele! Ele é bondoso, ele ama com fervor (João 3.16). Ele é querido e bom. Ele é rico também, pois possui um campo delicioso. (O original alemão ainda acrescenta que ele me conhece pelo meu nome). Já que tem tantos lados positivos, vale a pena seguir este Bom Pastor, e ser um dos seus cordeiros.

A 2ª estrofe fala dos privilégios que o Bom Pastor oferece aos cordeiros que nele confiam. O bordão (Salmo 23.4 = cajado) é comparado aqui com a cruz. Somos lembrados de todos os benefícios que o Salvador oferece por sua morte e vitória na cruz de Gólgota, ou seja: remissão dos pecados, vida e salvação. Esta vida nova e feliz é ilustrada pelo “prado desejável” (Salmo 23.2ª = pastos verdejantes) e pela fonte (Salmo 23.2b = águas de descanso). Convém ter em mente as regiões áridas da Palestina (nas quais se costumavam criar os rebanhos de ovelhas), para compreender que o verde prado e a água da fonte expressam o máximo de felicidade e bem-estar para uma ovelha. Jesus nos quer dar verdadeira felicidade (João 10.10b).

Cantando a 3ª estrofe, dirigimos nossos pensamentos para a eternidade. O cordeiro que aqui na vida terrena confia em seu bom Pastor, tem também a esperança de estar com ele na vida eterna. A morte (no sentido de fim da vida) não causa medo, pois o bom Pastor é sempre o BOM Pastor, agora aqui e também no futuro. O hino não fala do “vale da sombra da morte” (como o Salmo 23.4); pois a confiança no Senhor é tão grande que as cousas negativas da vida perdem completamente sua importância. “Não temerei mal nenhum, porque TU estás comigo (Salmo 23.4).
 


Autor(a): Leonhard Creutzberg
Âmbito: IECLB
Hino: 202. Sou cordeiro de Jesus
Natureza do Texto: Música
Perfil do Texto: Comentário ou reflexão sobre hino
ID: 28316
REDE DE RECURSOS
+
Em todo o universo, não há nada que possa nos separar do amor de Deus, que é nosso por meio de Cristo Jesus, o nosso Senhor.
Romanos 8.39
© Copyright 2022 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br