Jornal Evangélico Luterano

Ano 2019 | número 831

Quarta-feira, 26 de Fevereiro de 2020

Porto Alegre / RS - 01:13

Gestão Administrativa

A função da Sede da Igreja para a Gestão em rede na IECLB

A IECLB é organizada a partir da Comunidade. A Comunidade existe quando diferentes pessoas (membros) se unem em torno da mesma fé no trino Deus e em torno do mesmo objetivo: vivenciar e testemunhar o Evangelho de Jesus Cristo.

Uma Paróquia existe quando uma ou mais Comunidades estão unidas pela fé e pelo mesmo objetivo. Da mesma forma, um Sínodo existe quando várias Paróquias estão unidas pela fé e pelo mesmo objetivo. Assim, da união de todas as Comunidades, todas as Paróquias e todos os Sínodos resulta a IECLB.

Do ponto de vista organizacional, a IECLB está constituída como uma rede: pessoas unidas em Comunidades, Comunidades unidas em Paróquias, Paróquias unidas em Sínodos e Sínodos unidos na Igreja nacional. A estrutura organizacional da IECLB, assim, compreende quatro instâncias: 1) Comunidade, 2) Paróquia, 3) Sínodo e 4) Sede Nacional.

O conjunto das instâncias forma a IECLB e o bom funcionamento de cada instância contribui para a Missão da Igreja.

A Sede Nacional é uma das instâncias da IECLB, sendo constituída pela Presidência e pela Secretaria Geral. Desde abril deste ano, a Presidência, em coordenação com a Secretaria Geral, está desenvolvendo o Planejamento da Sede da Igreja, a fim de qualificar a sua atuação de forma alinhada com as Metas Missionárias 2019-2024. Este Planejamento, com a assessoria de uma consultoria externa, resultará na elaboração de Planos de Ação para as prioridades identificadas, bem como em melhorias nos processos internos e ajustes na estrutura organizacional, com base nas funções que competem à Sede da Igreja.

Uma das ênfases do Planejamento em curso é a compreensão que a IECLB, como outras organizações com estrutura similar, funciona como uma rede de cooperação interorganizacional. As redes de cooperação são formadas pela adesão dos seus integrantes, que, mesmo preservando a sua autonomia administrativa, ao se associarem, buscam fortalecerse mutuamente, qualificar a relação com os seus públicos de interesse e responder melhor à sua tarefa e à sua missão.

Entre os principais benefícios das redes de cooperação pode-se destacar, por exemplo, o uso compartilhado da marca, a adoção de normas e políticas comuns, um modelo de governança integrado e representativo, uma central de prestação de serviços que, entre outras funções, capacita os integrantes da rede e disponibiliza subsídios para qualificar a sua gestão.

A compreensão que a IECLB é uma organização cujas diferentes instâncias atuam de forma colaborativa e em rede e que a Secretaria Geral deve funcionar como uma central de serviços compartilhados é estruturante para o Planejamento em curso. 

Secretaria Geral da IECLB

Ultima edição

Edição impressa para folhear no computador


Baixar em PDF

Baixar em PDF


VEJA TODAS AS EDIÇÕES


Gestão Administrativa

Modelo de avaliação em vigência na IECLB

O XXIX Concílio da Igreja, realizado em 2014, aprovou o modelo de avaliação em vigência na IECLB, o que prevê a avaliação como parte integrante do Planejamento, de forma conjunta e integrada, envolvendo Campos de Atividade Ministerial (CAMs), lideranças, (+)



Educação Cristã Contínua

Histórias de vida e fé

Nasci no dia 4 de janeiro de 1933, em Ivoti/RS, na época, Bom Jardim. Fui batizada em 12 de fevereiro de 1933 e confirmada em 3 de dezembro de 1944, pelo Pastor Probst, na Comunidade Sião de Ivoti (hoje, Comunidade Trindade). Frequentei o Ensino Confirmatório na época da Segunda Guerra Mundial e o único material (+)

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc
Um cristão não pode ser ofendido a tal ponto que não possa mais perdoar.
Martim Lutero
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br