Sessão especial celebra os 500 anos da Reforma Protestante em Santo Ângelo/RS

31/10/2017

Sessão Especial celebra 500 Anos da Reforma em Santo Ângelo/RS
Sessão Especial celebra 500 Anos da Reforma em Santo Ângelo/RS
Sessão Especial celebra 500 Anos da Reforma em Santo Ângelo/RS
Sessão Especial celebra 500 Anos da Reforma em Santo Ângelo/RS
Sessão Especial celebra 500 Anos da Reforma em Santo Ângelo/RS
Sessão Especial celebra 500 Anos da Reforma em Santo Ângelo/RS
Sessão Especial celebra 500 Anos da Reforma em Santo Ângelo/RS
Sessão Especial celebra 500 Anos da Reforma em Santo Ângelo/RS
Sessão Especial celebra 500 Anos da Reforma em Santo Ângelo/RS
Sessão Especial celebra 500 Anos da Reforma em Santo Ângelo/RS
Sessão Especial celebra 500 Anos da Reforma em Santo Ângelo/RS
Sessão Especial celebra 500 Anos da Reforma em Santo Ângelo/RS
Sessão Especial celebra 500 Anos da Reforma em Santo Ângelo/RS
Sessão Especial celebra 500 Anos da Reforma em Santo Ângelo/RS
1 | 1
Ampliar

Fiéis de todo mundo celebram nesta terça, dia 31, os 500 anos da Reforma Protestante. Diversos eventos estão sendo realizados em comemoração à data. A exemplo disso, ontem, na Câmara de Vereadores de Santo Ângelo, religiosos participaram de uma sessão especial, que contou com a presença de autoridades municipais e do coral das Igrejas protestantes do município.

Felippe Terra Grass, vereador proponente da sessão, foi quem falou em nome do Parlamento. Na tribuna, o edil lembrou os feitos de Martinho Lutero ressaltando a importância do movimento no contexto da história ocidental e das religiões. Também fez questão de destacar o trabalho e comprometimento social das comunidades luteranas.

“Há de ressaltar o importante trabalho social desenvolvido pelas comunidades luteranas nas mais diversas localidades. Para Lutero, era muito importante que meninos e meninas tivessem acesso à escola, um desafio semelhante aos que temos ainda hoje em uma sociedade patriarcal”, afirmou Felippe.

Representando as comunidades luteranas, fez uso da palavra o Pastor Emérito da Igreja Luterana Sião, Mário Hesse. Em seu pronunciamento enfatizou o legado deixado pela Reforma Luterana explicando o que de fato foi o movimento iniciado pelo monge alemão Martinho Lutero.

História

A Reforma Protestante foi um movimento que teve início em 31 de outubro de 1517, na Alemanha, quando o monge Martinho Lutero fixou suas 95 teses na porta da catedral de Wittenberg, protestando contra doutrinas e práticas da igreja dominante. Marinho Lutero conclamou o povo e os eruditos a repensar o modo como interpretavam o cristianismo.

A reforma iniciada por Lutero em pouco tempo se espalhou para muitos outros países através de homens que levaram adiante a ‘redescoberta’ do Cristianismo Bíblico ao mundo. Assim, a liberdade pregada por Lutero incentivou o surgimento de várias correntes religiosas. Voltando ao que se entendia serem as origens do cristianismo, surgiram as igrejas luteranas, presbiterianas e muitas outras denominações, que mais tarde chegariam também ao Brasil.

Presenças

A sessão especial contou com a presença de integrantes da Igreja Luterana Sião e Igreja Evangélica de Confissão Luterana. Foram convidados a compor a Mesa de Honra o Vice-Prefeito de Santo Ângelo, Bruno Hesse, o Pastor Emérito da Igreja Luterana Sião, Mário Hesse, o Pastor titular da Igreja Luterana Sião, Paulo Kuckh, assim como o Pastor titular da Igreja Evangélica de Confissão Luterana, Tiago Ayres, o Presidente da comunidade Luterana Sião, Márcio Zimpel e o Presidente da Igreja Evangélica de Confissão Luterana, Airton Vilmar Roerhs.

Fonte: Câmara Municipal de Santo Ângelo/RS

COMUNICAÇÃO
+
ECUMENE
+
O Espírito de Deus se une com o nosso espírito para afirmar que somos filhos de Deus.
Romanos 8.16
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br