Sínodo da Amazônia



Avenida Paraná , 431 - Novo Horizonte
CEP 76962-053 - Cacoal /RO - Brasil
Telefone(s): (69) 9845-48890 | (69) 8454-8890
sinododamazonia@gmail.com
ID: 8

Deus se revela em nossa fraqueza!

14/06/2018

LITURGIA DA ENTRADA

ACOLHIDA

Bom dia a todos!
Que graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a comunhão do Espírito Santo sejam com todos nós! Desejo saudar a todos com o versículo bíblico lema da primeira semana de julho:
Lema da semana: “A semente que caiu em boa terra são os que, tendo ouvido de bom e reto coração, retêm a palavra; estes frutificam com perseverança. Lucas 8.15
O bom Deus que lança a palavra em nosso coração, certamente abençoa o nosso encontro

HINO 58 (entre nós está) – O nosso encontro vai ser abençoado

SAUDAÇÃO TRINITARIA - Deus derrama sobre nós o seu amor e seu poder, é por isso que nos reunimos aqui em nome a na presença do Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!

CONFISSÃO DE PECADOS

HINO 103 (entre nós está) – Oh bem cego eu andei
(Convidar as pessoas a se colocar de pé) Em Romanos 3.23 diz que todos nós somos pecadores, e todos precisamos da graça e perdão de Deus. O pecado nos torna cego para as coisas de Deus e nos afasta do seu caminho, por isso fechemos nossos olhos e curvemos nossas cabeças, orando e pedindo perdão a Deus.

ORAÇÃO DE CONFISSÃO – Senhor Deus, tu sondas e conhece nossa mente e coração. Por isso no achegamos diante de ti reconhecendo que sim, somos falhos e pecadores e clamamos pelo teu perdão. Te pedimos perdão quando pecamos contra nosso próximo, quando deixamos de ser a mão que ajuda para ser o dedo que aponta. Te pedimos perdão quando deixamos de acolher para afastar as pessoas de nós mesmos, e principalmente de ti. Te pedimos perdão quando somos filhos rebeldes, que deixam de falar contigo, o Pai Nosso que estas no céu. Somos sim homens e mulheres pecadores, mas cremos que em Cristo Jesus tu estende a tua mão e oferece perdão e salvação mediante ao verdadeiro arrependimento. É por isso que oramos clamando pelo teu perdão, mas não em nosso nome e nem em nome da igreja, oramos em nome de Cristo Jesus, nosso Senhor e Salvador de hoje e para sempre. Amém.

ANUNCIO DO PERDÃO – Somos todos pecadores com diz em Romanos 3.23, mas em Romanos 3.24 lemos que pela sua graça e sem exigir nada, Deus aceita a todos em Cristo Jesus. Por isso se você orou na certeza de que Jesus é o senhor e Salvador da tua vida, creia nisto, em Cristo Jesus Deus ouve a tua oração, a nossa confissão e perdoa os nossos pecados. (Convida a todos para se assentar).

HINOS DE LOUVOR
HINO 230 (entre nós está) – Há Sinais de Paz e de Graça
HINO 154 (entre nós está) – Senhor meu Deus
Hino 195 (entre nós está) – A tua Palavra é semente

PRÉDICA
TEMA: Deus se revela na nossa fraqueza!

Você já parou para pensar no que te faz cair na vida?
São vários os motivos que nos levam ao chão. Uma notícia muito ruim ou muito boa pode nos deixar com as pernas bambas. Nas maratonas, os atletas após correr 10 quilômetros, 15 quilômetros chegam ao final do percurso esgotados e geralmente se jogam no chão, ficam deitados descansando. Quantas pedras não te fizeram levar um tombo na vida?
Quem sabe andar de bicicleta descobriu que é impossível fazer isso sem cair algumas vezes. E quem tem criança pequena sabe que criança quando quer chamar a atenção se joga no chão.
Faz parte do ser humano cair, mas graças a Deus somos teimosos, e quando caímos temos motivos de sobras para levantar. Mas entre tantos motivos para cair, a bíblia nos apresenta mais um. Um motivo nobre, que demonstra humildade e ao mesmo tempo fraqueza. Nas passagens bíblicas é muito comum encontrar pessoas que diante da presença de Deus não puderam permanecer de pé.
Entre estes homens e mulheres queremos ver a história de um sacerdote, que ao cair foi chamado para profetizar a mensagem do Senhor.
Ezequiel 2. 1-5
Ezequiel foi um sacerdote de Deus, mas que a partir de uma visão foi chamado para ser profeta de Deus. Este chamado a ser um profeta, ocorre a partir de uma visão onde uma grande tempestade com raios e fogo o cerca, e então, Ezequiel se encontra na presença de Deus. No versículo 1, vemos que quando Ezequiel se da conta de que esta diante de Deus, ele cai e encosta seu rosto no chão. E então ouve de Deus: “Homem mortal, fique de pé. Eu quero falar com você”.
Muito mais do que uma mensagem para Ezequiel, Deus queria ter uma conversa com ele. Temos o costume de pensar em Deus como alguem tão grande e tão poderoso, que o colocamos distante de nós. Pensamos em um Deus que esta lá no céu, e nos esquecemos que Ele está entre nós. Lembramos muitas vezes de um Deus que nos fala sua lei, mas nos esquecemos que Ele deseja ter um relacionamento próximo conosco. Pensamos em um Deus tão distante e nos esquecemos que Jesus nos ensinou a chamar Deus de “Pai nosso que está nos céus”.
Lógico que assim como nós, Ezequiel também podia ter esta impressão. O fato é que ali, diante da presença de Deus, Ezequiel caiu e cobriu o seu rosto. O mais interessante é que Ezequiel não levanta por suas próprias forças, mas como lemos no versículo 2, enquanto Deus falava o Espírito de Deus o levantava. Em meio a fraqueza de Ezequiel caído, Deus o levantava com sua força.
E muito mais do que apenas o levantar, Deus o enviava para anunciar uma mensagem a todo o povo. Um povo que assim como nosso povo desrespeitou a Deus. Que assim como muitas vezes nós somos rebeldes, também era um povo rebelde, e que apesar de todos estes defeitos ainda era amado por Deus.
O que Ezequiel tinha de especial para ser chamado por Deus?
Nada, ele era tão pecador quanto cada um de nós. Mas mesmo em meio a sua fraqueza, suas limitações, ele foi chamado por Deus para ser a sua voz em meio a povo que já não o buscava mais, para ser a luz em um mundo de escuridão. Mesmo em meio a sua fraqueza, Ezequiel vivia e anunciava a força do Senhor.
2 Coríntios 12. 2-10
Assim como Ezequiel se dedicou a anunciar a mensagem de Deus, Paulo também é um bom exemplo de vida de fé. O inicio deste texto bíblico, até lembra um pouco a história de Ezequiel, falando sobre uma visão com vozes anunciando coisas incríveis. Mas as semelhanças entre a história de Ezequiel e a história de Paulo não se resumem a isso. Ambos caíram diante da presença do Senhor, Ezequiel durante a visão como vimos no texto anterior, e Paulo caindo do cavalo quando se encontra com Jesus. Os dois também falam sobre a importância de conhecer nossa fraqueza para reconhecer que dependemos da força de Deus.
Mas até Paulo ensinar isso, com certeza ele teve uma longa jornada. Assim como todas as pessoas, Paulo tinha um certo orgulho de sua história, ele poderia muito bem enxergar em si mesmo um verdadeiro herói da fé, muitos até hoje o veem assim, afinal ele que começou perseguindo cristãos se tornou um cristão perseguido. Mas apesar de poder se orgulhar de todo seu sucesso, Paulo também se orgulhava de suas fraquezas. Tanto que no versículo 5 ele diz: “Não me gabarei de mim mesmo, a não ser de minhas fraquezas”.
Pode parecer um tanto ridículo, mas Paulo se orgulhava de suas fraquezas e limitações. Assim como muitos o veem hoje como um Super Herói da fé, muitos o viam assim na época também, e é quase certo de que Paulo as vezes se enxergava assim. Por isso, para ele era muito precioso lembrar que como todas as pessoas ele também tinha fraquezas. E ele relata sobre esta fraqueza, lá no versículo 7, algo como um espinho na carne, uma doença dolorosa. Pronto, a partir disso Paulo lembrava que não era perfeito ou invencível. Paulo era humano, pecador e fraco como todos nós.
Estas fraquezas e limitações em sua vida o faziam reconhecer que quando ele era fraco, a força de Deus agia nele e através dele, ou seja, o Deus que levantou Ezequiel dava forças para Paulo levantar e seguir anunciando a mensagem de Deus. Não existe homem ou mulher perfeitos neste mundo, pois todos nós temos nossas fraquezas e falhas. Também não temos a promessa de uma vida perfeita neste mundo, todos nós conhecemos a dor e o sofrimento e a tristeza. Diante desta nossa realidade podemos nos rebelar contra Deus e nos afastar d’Ele, ou podemos d’Ele nos aproximar e assim como Paulo fez no versículo 10 podemos dizer: “Quando perco toda a minha força, então tenho a força de Cristo em mim”.
Que mesmo em meio a nossa fraqueza, possamos nos colocar a disposição do Senhor para servi-lo e segui-lo. E que neste Senhor possamos juntos confessar a nossa fé através das palavras do Credo Apostólico...

CONFISSÃO DE FÉ
Creio em Deus Pai ...

AVISOS
Acolhida aos Visitantes
Data do Próximo Culto:
Destino da Coleta:
Avisos Comunitários
HINO PARA COLETA 74 (entre nós está) – Senhor se Tu me chamas

LITURGIA DE DESPEDIDA
ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Querido Deus, nos achegamos mais uma vez em Tua presença, te louvando e agradecendo porque até aqui Tu nos trouxe. Te somos gratos pelo Teu cuidado em nossa vida, pelas bênçãos derramadas sobre nós. Mas de forma especial queremos lembrar daqueles que sofrem com a sua saúde, que Tu possas ser força aos que se sentem fracos e refugio aos cansados. Te pedimos pela nossa familia, comunidade e amigos, que Tu possas estender tua mão sobre nós e cuidar de nós. Cremos que Tu és nosso Deus, e nós somos o Teu povo, é por isso que como uma única família, em uma única voz, oramos juntos a oração que Tu nos ensinou...
ORAÇÃO PAI NOSSO: Pai nosso ...

BÊNÇÃO:
O Senhor te abençoe e te guarde, O Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti, O Senhor sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz. Amém.
ENVIO: Agora vão em paz e sirvam ao Senhor em alegria e gratidão!
HINO FINAL 259 (entre nós está): meu bom pastor é Cristo
 


Autor(a): Missionário Ricardo Neumann
Âmbito: IECLB / Sinodo: Amazônia
Natureza do Texto: Liturgia
Perfil do Texto: Auxílio litúrgico
ID: 47594

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Ninguém deve fazer tudo o que tem direito a fazer. Cada qual deve olhar para o que é útil e o que é benéfico para o seu irmão, para a sua irmã.
Martim Lutero
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
O Espírito de Deus se une com o nosso espírito para afirmar que somos filhos de Deus.
Romanos 8.16
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br