Sínodo da Amazônia



Avenida Paraná , 431 - Novo Horizonte
CEP 76962-053 - Cacoal /RO - Brasil
Telefone(s): (69) 9845-48890 | (69) 8454-8890
sinododamazonia@gmail.com
ID: 8

Mateus 25.1-13

Caderno de Celebrações 2014/2015 - P. Jorge Klein

03/11/2014

CULTO PARA NOVEMBRO 2014
Departamento de Música e Liturgia do Sínodo da Amazônia
Leitura Bíblica: Amós 5.18-24; 1 Tessalonicenses 4.13-18; Pregação: Mateus 25.1-13
P. Jorge Klein – Porto Velho/RO

 

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Bom dia/noite.
Saúdo a comunidade reunida com o lema da semana: “ Fiquem vigiando, pois vocês não sabem em que dia vai chegar o seu Senhor.” Mateus 24.42.

Acolher os/as visitantes

CANTO DE ENTRADA
Nº - 111 ENE – 305 HPD

Ou: Nº ____________________________________________________

SAUDAÇÃO
A graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor e a comunhão do Espírito Santo sejam com todos vocês. Amém

CANTOS DE INVOCAÇÃO
Nº 85 HPD 1- Vem Espírito Divino

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
Querido Deus, aqui estamos na tua presença com nossas limitações, fraquezas e pecados. Buscamos a tua face, tua misericórdia e teu perdão. Tu nos conheces e sabes o que se passa em nosso coração e em nosso pensamento. Sabes o que precisamos para viver em paz contigo e com as outras pessoas, por isso pedimos tua graça e o teu perdão onde falhamos. Perdoa-nos e ajuda-nos a vivermos uma vida melhor sob a ação do teu Espírito Santo. Amém.

ANÚNCIO DO PERDÃO
“... e o amor de Deus é isto: não fomos nós que amamos a Deus, mas foi ele que nos amou e mandou o seu Filho para que, por meio dele, os nossos pecados fossem perdoados” (1 Jo 3.10). Fundamentados nesse amor, anuncio o perdão de Deus em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, Amém.

GLÓRIA IN EXCELSIS
Porque Deus atende a nossa suplica e prontamente nos ajuda, louvemos o nome dele cantando:
Glória, glória, glória a Deus nas alturas.
Glória, glória, paz entre nós, paz entre nós.
ORAÇÃO DO DIA
Deus de amor, que tem misericórdia e amor sem fim, fortalece a nossa fé em ti, para que permaneçamos firmes em ti, confiantes em tua palavra, com ânimo para te servir em todos os lugares. Por Jesus Cristo, que contigo e com o Espírito Santo reina de eternidade a eternidade. Amém.


LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Amós 5.18-24

2ª Leitura Bíblica: 1 Tessalonicenses 4.13-18

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
Nº - 189 ENE – 94 HPD
Ou: ___________________________________________

PREGAÇÃO
Texto da Pregação Mateus 25.1-13

Estimados e estimadas! Neste fim de semana está acontecendo um encontro Sinodal dos Ministros e Ministras do nosso Sínodo. Eles estão ali procurando luzes e lâmpadas para iluminar nossos caminhos de fé. Estejamos com eles em oração.

Hoje vamos tratar da parábola das Dez Moças Virgens. Muito sobre ela já foi pregado. Mas sempre é bom recordarmos alguma coisa:
Jesus estava assentado no Monte das Oliveiras, quando respondeu aos seus discípulos sobre os últimos acontecimentos próximos ao fim do mundo e a sua segunda vinda.
O Mestre conta a Parábola das Dez Virgens, que traz uma mensagem espiritual e vai de encontro ao do ponto central da fé.
No casamento judaico havia um rito alegre e interessante para o cortejo que conduzia a noiva. Sob a luz de lâmpadas, cânticos e sons de instrumentos musicais se aguardava o noivo.
E as Dez Virgens desta parábola eram amigas da noiva que esperavam com ela a chegada do esposo, que por morar distante, demorou a chegar para a o início do casório.
Vamos dividir a nossa pregação em duas partes. Vejamos:
As Virgens Prudentes

Mas as prudentes levaram azeite em suas vasilhas, com as suas lâmpadas. Mateus 25:4.
As virgens prudentes tinham em estoque o azeite das boas obras. Estas, possuíam estoque de obras em amor, em sinceridade, em simpatia que aquecia, alimentava e mantinha acesa a chama espiritual do amor, que ardia em seus corações. E não andavam em escuridão, mas eram elas próprias a “luz do mundo”.
Vocês são a luz para o mundo; não se pode esconder uma cidade construída sobre um monte; Mateus 5:14.

As Virgens Sem Juízo
As virgens “sem juízo” também eram de virgens. Eram religiosas também. Confiavam que sua virgindade, que o cumprimento religioso das prescrições dos rabinos, seria o suficiente para guiá-las pelo caminho até onde o noivo estava.
As moças sem juízo pegaram as suas lamparinas, mas não levaram óleo de reserva” Mateus 25:3.
A sua falsa santidade, o seu orgulho, a sua autossuficiência, as impediu de reconhecer que elas precisavam guardar em depósito o amor ao próximo, a compaixão e a prática da piedade.
Historicamente, as sociedades religiosas da época de Jesus acreditavam que a virgindade concedia às mulheres capacidades mágicas ou sagradas. Atrelava-se à virgindade a pureza do corpo e da alma, assim essas virgens tinham uma autopercepção de santidade pelo simples fato de serem virgens.
E ignoravam o fato de que precisavam de alguma coisa mais, além disso. Por isso não guardaram o azeite precioso do amor ao próximo em reserva.
As moças sem juízo haviam decidido guardar a sua virgindade em prol de uma prática religiosa, como um meio de sacrifício auto-imposto, visando apenas merecer por si mesmas a entrada nas bodas do cordeiro.
Porém isto não foi suficiente para manter acesa a chama da luz divina em seus corações. Por final, elas terminam na escuridão fria da religião.
Enquanto que as moças prudentes sabiam e reconheciam a sua incapacidade. E elas reconhecendo o seu vazio espiritual, passam a colocar em depósito o amor, a graça e a misericórdia, para que estas virtudes espirituais, como um azeite precioso, não deixassem apagar a luz do Espírito de Deus, que alimentando a chama, queimava e brilhava suavemente em seus corações.
À Meia Noite o Noivo Chega
É fato que Jesus faz, na parábola das dez moças virgens, uma descrição perfeita e profética da situação espiritual que se encontrará a humanidade, quando do tempo da sua vinda.
Mas à meia-noite ouviu-se este grito: O noivo está chegando! Venham se encontrar com ele. Mateus 25:6
À meia noite, ou seja, no pior momento, quando as trevas estão em toda a sua força. Jesus prediz que próximo ao fim, a humanidade estará envolvida em densas trevas de pecados. E a chama do amor se esfriará em muitos. Mas quanto mais escuro for o ambiente, mais a luz se torna percebida.
Deem um pouco de óleo para nós
Na caminhada da espera da vida pela vinda do Noivo, não se pode deixar faltar o amor. Tem que se guardar o amor em depósito, no estoque dos corações, para que este brilhe iluminando o caminho que conduz à salvação.
Ninguém poderá viver do amor do outro, pois a salvação é individual. Cada indivíduo prestará contas da sua prática de vida, se em amor, em caridade ou em prática fria, visando o reconhecimento aos olhos dos seres humanos, tendo já recebido sua recompensa terrena.
E este óleo precioso é de um valor tão alto, que é necessário vender tudo o que se tem para poder comprá-lo. É preciso se doar por completo. Vender tudo é se desfazer do EU espiritual, se entregando à Deus em ardente prática da graça.
Mas Jesus nos deixou um alerta na parábola das dez moças virgens, para vivermos nesta prática santa, pois pode não dar tempo de voltar, se por ventura a deixarmos.
E, tendo elas ido comprá-lo, chegou o esposo, e as que estavam preparadas entraram com ele para as bodas, e fechou-se a porta. Mateus 25:10.
Mais tarde as outras chegaram e começaram a gritar: Senhor, Senhor nos deixe entrar! O noivo respondeu: Eu afirmo a vocês que isto é verdade, em não sei quem são vocês. Mateus 25:11-12.

A Vigilância das Dez Moças Virgens
A Parábola das Dez Moças Virgens nos passa uma mensagem que realça a necessidade de termos uma vida de vigilância. Vigiar, pois, é não deixar de fazer o bem, ainda que não reconhecidos.
Vigiar é não deixar de amar o próximo e continuar a levar esta mensagem de perdão e reconciliação entre Deus e os seres humanos, através do seu filho Jesus.
Fiquem vigiando, pois vocês não sabem em que dia vai chegar o seu Senhor. Mateus 25:13.


HINO
Nº - 199 ENE
Ou: ____________________________________________

CONFISSÃO DE FÉ
Fortalecidos pela graça e misericórdia de Deus por nós convido a nos colocarmos de pé e confessarmos a nossa fé com o Credo Apostólico.
Creio em Deus Pai...

CANTO PÓS-CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas, ver Agenda Sinodal)

Nº - 282 ENE – 412 HPD II

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________

Senhor Deus! Ouvimos a tua palavra e o teu chamado. Envia-nos para o mundo, para a sociedade onde devemos ser testemunhas do teu amor. Dá-nos a tua benção da qual necessitamos e sem a qual não conseguimos viver e praticar o amor verdadeiro. Agradecemos pelo teu amor e tua salvação que nos é presenteada dia a dia. Que teu Santo Espírito nos abre os corações para entendermos e sabermos receber aquelas pessoas que para nós muitas vezes são desprezíveis. Ajude-nos a lembrar de sempre estarmos abastecido do teu óleo. Ajude-nos a lembrar às outras pessoas que também tenha boa reserva. Lembramos de todas as pessoas que foram lembradas para nossas intercessões. Obrigado por nos ouvires e nos atenderes segundo a tua vontade. Todos os outros pedidos nós colocamos em conjunto na oração que teu Filho nos ensinou:

PAI NOSSO...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
O Senhor te abençoe e te guarde.
O Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti.
Que o Senhor sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz. Amém.

ENVIO
Ide na paz do Senhor e servi a Ele com alegria.

CANTO FINAL

Nº 218 ENE - 184 do HPD – Vamos nós trabalhar
 


Autor(a): P. Jorge Klein
Âmbito: IECLB / Sinodo: Amazônia
Testamento: Novo / Livro: Mateus / Capitulo: 25 / Versículo Inicial: 1 / Versículo Final: 13
Título da publicação: Caderno de Celebrações - Sínodo da Amazônia / Ano: 2014
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 26479

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

A palavra 'orai' nada mais significa do que 'pedi, clamai, buscai, batei, fazei barulho!' É preciso que assim façamos a cada momento, sem cessar.
Martim Lutero
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Importa, acima de tudo, que homem e mulher convivam em amor e concórdia, para que um queira ao outro de coração e com fidelidade integral.
Martim Lutero
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br