Sínodo da Amazônia



Avenida Paraná , 431 - Novo Horizonte
CEP 76962-053 - Cacoal /RO - Brasil
Telefone(s): (69) 9845-48890 | (69) 8454-8890
sinododamazonia@gmail.com
ID: 8

Tempo da Páscoa

Caderno de Estudos para Mulheres/OASE

10/01/2014

ENCONTRO nº __ Dia: __/__/____
Departamento de Mulheres/OASE do Sínodo da Amazônia
Pª Sinodal Vera Lucia Engelhardt Prediger
Sínodo da Amazônia – RO


Para a coordenadora do encontro: Para realizar este encontro, você deve ler este encontro com pelo menos uma semana de antecedência, porque será necessário providenciar vários materiais. Os materiais necessários são fáceis de conseguir. Vocês tem a maioria deles em casa ou na comunidade.
Leia atentamente toda a proposta para este encontro. Providencia os materiais necessários. Se não conseguir todos eles, use sua criatividade e busque alternativas. O encontro está dividido em três momentos. Se você perceber que o encontro ficará muito longo pode optar em fazer apenas uma ou duas partes do encontro. Escolha os hinos e anote no estudo. Se quiser pode deixar que o grupo escolha algum hino no momento do encontro.
Material necessário: papel, canetinhas coloridas, cola, tesoura, cartolina ou papel cartão, papel colorido (aproveite os papéis de presente usados), palha de milho. Na ultima parte do encontro está proposto confecção de cartões de Páscoa. Se você puder, seque algumas flores da Amazônia no meio de folhas de jornal ou de algum livro e use estas flores para colar nos cartões. Fica muito bonito.
Se possível, providencie cópias dos textos bíblicos e divida para: Jesus, anjo, Maria. A parte da narradora pode ser feita pela coordenadora do encontro ou, se preferir, convide mais uma mulher para ler esta parte.
Faça um altar com vaso de flores, velas, cruz, bíblia.
Fica uma sugestão: Vocês podem combinar no grupo quem traz as flores para o a altar em cada encontro. Cada uma pode trazer as flores que planta em seu jardim.

O encontro:
Coordenadora: É muito bom estarmos aqui. Viemos para o encontro do grupo de mulheres motivadas pelo convite que Jesus faz: “Venha comigo” (João 21.19b).
Vamos agora cantar:
Agora vamos fazer a oração: Querido Deus, Jesus nos convida para nos encontrarmos com as irmãs na fé, para que juntas estudemos sua palavra e que tenhamos iniciativas de anunciar o evangelho para as pessoas. Agradecemos pelo convite que fazes a nós, pedimos: nos ajude a aceita-lo e a nos dedicar para que boas notícias de salvação sejam levadas através de nós para quem conosco convive. Agradecemos pelo cuidado que tens para com cada uma de nós, pela família, pela comunidade, pelo trabalho e por tudo de bom que nos dás diariamente. Pedimos, Senhor, que no encontro de hoje, tua palavra nos faça agir. Por cristo Jesus. Amém.
Cantamos mais uma canção:
E agora vamos ouvir a palavra de Deus. Vou pedir a colaboração de algumas pessoas para isso.

Primeiro momento:
Cristo vive. Ele ressuscitou! (Mateus 28.1-7)

Narradora: Depois do sábado, no domingo bem cedo, Maria Madalena e a outra Maria foram visitar o túmulo. De repente, houve um grande tremor de terra. Um anjo do Senhor desceu do céu, tirou a pedra e sentou-se nela. Ele era parecido com um relâmpago, e as suas roupas eram brancas como a neve. Os guardas tremeram de medo do anjo e ficaram como mortos. Então o anjo disse para as mulheres:
Anjo: — Não tenham medo! Sei que vocês estão procurando Jesus, que foi crucificado, mas ele não está aqui; já foi ressuscitado, como tinha dito. Venham ver o lugar onde ele foi posto. Agora vão depressa e digam aos discípulos dele o seguinte: “Ele foi ressuscitado e vai adiante de vocês para a Galiléia. Lá vocês vão vê-lo.” Era isso o que eu tinha a dizer para vocês.

Coordenadora do encontro: Um anjo anuncia uma notícia muito diferente daquilo que se poderia considerar normal. Ele sabia o que as mulheres foram procurar ali naquele lugar cheio de túmulos. Sua primeira palavra às mulheres lhes pede para que não tenham medo. Lembra-lhes do que o próprio Jesus havia dito: de que haveria de ressuscitar. Chama para verem o lugar onde ele tinha sido colocado e ordena: Vão depressa, vão dizer aos discípulos que Cristo ressuscitou.
Nós somos mensageiras da boa notícia do evangelho hoje.
Neste momento, conversem um pouco sobre esta pergunta: Como vocês podem anunciar a ressurreição de Jesus na sua comunidade; numa visita que possam fazer a uma família com crianças pequenas; para alguém que esteja desanimado.
Tentem escrever o que poderiam falar, que gestos poderiam fazer, que sinais poderiam deixar para que esta maravilhosa notícia traga esperança na vida das pessoas.
Não fiquem apenas na conversa. Procurem agir e colocar em prática estas ações.
Não tenham medo, foi o que disse o anjo para as mulheres. Não tenham medo de agir. Façam da maneira como puderem e anunciem esta noticia. É isso que nós temos a dizer!

Para a coordenadora do encontro: Algumas respostas para a pergunta: acolher a comunidade na porta da igreja dizendo: Hoje é domingo da Páscoa, Jesus ressuscitou, ele vive e está sempre junto de nós!
O grupo pode cantar uma canção de Páscoa.
O grupo pode fazer um cartaz anunciando a ressurreição de Jesus.
Numa visita para alguma família onde há crianças pequenas, podem contar a história da páscoa para as crianças, pode levar figuras paras as crianças pintarem, pode levar um símbolo da Páscoa.
Num encontro com uma pessoa que esteja desanimada lembrar os motivos que se tem para agradecer, ler uma passagem bíblica que traga ânimo, fazer oração com a pessoa, falar que Cristo ressuscitou e esta é nossa esperança.

Segundo Momento: O encontro com Maria Madalena (João 20. 10-18)

Narradora: E os dois discípulos voltaram para casa. Maria Madalena tinha ficado perto da entrada do túmulo, chorando. Enquanto chorava, ela se abaixou, olhou para dentro e viu dois anjos vestidos de branco, sentados onde tinha sido posto o corpo de Jesus. Um estava na cabeceira, e o outro, nos pés. Os anjos perguntaram:
Anjos: — Mulher, por que você está chorando?
Narradora: Ela respondeu:
Maria: — Levaram embora o meu Senhor, e eu não sei onde o puseram!
Narradora: Depois de dizer isso, ela virou para trás e viu Jesus ali de pé, mas não o reconheceu. Então Jesus perguntou:
Jesus: — Mulher, por que você está chorando? Quem é que você está procurando?
Narradora: Ela pensou que ele era o jardineiro e por isso respondeu:
Maria: — Se o senhor o tirou daqui, diga onde o colocou, e eu irei buscá-lo.
Jesus: — Maria!
Narradora: Ela virou e respondeu em hebraico:
Maria: —“Rabôni!”
Narradora: (Esta palavra quer dizer “Mestre”). Jesus disse:
Jesus: — Não me segure, pois ainda não subi para o meu Pai. Vá se encontrar com os meus irmãos e diga a eles que eu vou subir para aquele que é o meu Pai e o Pai deles, o meu Deus e o Deus deles.
Narradora: Então Maria Madalena foi e disse aos discípulos de Jesus:
Maria: — Eu vi o Senhor!
Narradora: E contou o que Jesus lhe tinha dito.

Coordenadora do encontro: Quando estamos com os olhos cheios de lágrimas não conseguimos ver direito as coisas como elas são. Tudo fica turvo, nublado, sem sol. Assim foi com Maria e assim acontece conosco quando choramos por causa das dores, sofrimentos, perdas e dificuldades pelas quais passamos. Mas Jesus chamou Maria pelo seu nome! Quando ela ouviu então já sabia que era Jesus quem estava ali com ela e não o jardineiro como tinha pensado antes.
Cristo chama você pelo nome! Ele sabe de você, ele te chama, te faz virar e olhar para ele e ver além do que os olhos veem e te capacita para falar aos irmãos e irmãs que Ele, o Cristo vai subir para aquele que é o meu Pai e o Pai deles, o meu Deus e o Deus deles, assim como aconteceu com Maria.

Cristo chama você pelo nome. Cada uma de vocês que está aqui hoje faça um acrostico com as letras de seu nome. Para fazer isso, utilize palavras de ânimo, de consolo, de vida.

Para a coordenadora do encontro: Leve um exemplo de acróstico. Não é difícil. Veja:

Verdade
Esperança
Realidade
Amor

Pode fazer bem colorido: as iniciais do nome com uma cor e completar com outra cor.
Se houver pessoas que não sabem escrever, o grupo ajuda a escrever.
Se alguém não conseguir fazer sozinha, todos podem dar ideias.
Quando ficar pronto, coloque os acrósticos no local de encontro.
Pode fazer um cartaz maior dizendo: “Cristo chama você pelo nome” e colar embaixo os acrósticos de cada participante.

Terceiro momento: Jesus aparece às mulheres (Mateus 28.8-10)

Narradora: Elas foram embora depressa do túmulo, pois estavam com medo, mas muito alegres. E correram para contar tudo aos discípulos. De repente, Jesus se encontrou com elas e disse:
Jesus: — Que a paz esteja com vocês!
Narradora: Elas chegaram perto dele, abraçaram os seus pés e o adoraram. Então Jesus disse:
Jesus: — Não tenham medo! Vão dizer aos meus irmãos para irem à Galiléia, e eles me verão ali.

Coordenadora do encontro: Foram muitas vezes em que Jesus falou para não ter medo. Os seus discípulos se amedrontaram muitas vezes. Para Jairo quando sabe que sua filha morreu Jesus diz: Não tenha medo, tenha fé. Aos discípulos ele diz: não tenham medo dos que matam o corpo (Mateus 10.28); não tenham medo, pois vocês valem mais do que muitos passarinhos. (Mateus 10.31); quando estavam enfrentando a tempestade no lago Jesus diz: — Coragem! Sou eu! Não tenham medo! (Mateus 14.27); também ali no alto do monte; quando ouviram uma voz dizendo: — Este é o meu Filho querido, que me dá muita alegria. Escutem o que ele diz! Os discípulos “ficaram com tanto medo, que se ajoelharam e encostaram o rosto no chão. Jesus veio, tocou neles e disse: — Levantem-se e não tenham medo!” (Mateus 17. 6-7).
O primeiro sentimento das mulheres aqui é de medo e alegria. Nesse encontro com Jesus pelos caminhos, mais uma vez Jesus diz: Não tenham medo, vão agir.
Vamos agora nós também agir. Vamos confeccionar cartões com mensagens de ânimo para pessoas que vocês conhecem e que estão passando por alguma dificuldade.

Para a coordenadora do encontro: Leve previamente preparado pedaços de cartolina ou papel cartão, livros coloridos ou papéis coloridos, ou o material que tiver à mão, pode usar até mesmo palha de milho recortada e colada no cartão, enfim, usem a criatividade e escrevam frases de ânimo ou versículos bíblicos trazendo esperança, façam os cartões e cada pessoa leva, entrega e até mesmo pode convidar para o próximo culto na comunidade. No próximo encontro podem até comentar como foi este momento de entrega dos cartões.

Vamos encerrar o encontro de hoje fazendo juntas a oração do Pai Nosso.

Bênção: “Que Deus toque nossos olhos, para que possamos enxergar. Toque os nossos ouvidos, para que possamos ouvir. Toque a nossa boca, para que possamos levar adiante a sua mensagem toque as nossas mãos, para que possamos ofertar com disposição. Toque a nossa vida, para que o Espírito Santo possa nos envolver. Toque o nosso coração e nos permita sentir o seu amor”. (Da Venezuela)
Vamos encerrar cantando mais uma canção:

Para a vida ficar com mais sabor, vai aqui uma receita de sobremesa.
Receita: Pudim de forma
Ingredientes:
1 litro de leite
4 gemas
3 colheres de maisena
1 e 1 /2 xícara de açúcar
1 pitada de sal
Modo de fazer: Colocar todos os ingredientes no liquidificador e bater. Depois cozinhar numa panela até engrossar. Colocar numa forma caramelizada com açúcar queimado. Com as claras fazer em neve, com 4 colheres de açúcar e depois colocar sobre o pudim já na forma. Levar ao forno até as claras em neve ficarem moreninhas.
 


Voltar para Índice do Caderno de Estudos


Autor(a): Pa. Vera Lucia Engelhardt Prediger
Âmbito: IECLB / Sinodo: Amazônia
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo da Páscoa
Título da publicação: Caderno de Estudos para Mulheres/OASE - 2014-2015 / Ano: 2014
Natureza do Texto: Educação
Perfil do Texto: Estudo
ID: 26518

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Importa, acima de tudo, que homem e mulher convivam em amor e concórdia, para que um queira ao outro de coração e com fidelidade integral.
Martim Lutero
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Nada pode nos separar do amor de Deus: nem a morte nem a vida; nem o presente nem o futuro.
Romanos 8.38
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br