Sínodo Uruguai



Avenida General Osório , 95D - Jardim Itália
CEP 89802-265 - Chapecó /SC - Brasil
Telefone(s): (49) 3329-3583 | (49) 9937-3578 | (49) 9995-50189 | (49) 3329-3583
sinodouruguai@yahoo.com.br
ID: 20

Edificar Comunidades

13/05/2022


“Deus é o nosso refúgio e a nossa força, socorro que não falta em tempos de aflição.” (Salmo 46.1).

Inspirado no salmo 46, o Pastor Doutor em Teologia Mauro Batista de Souza palestrou e refletiu com as lideranças do Sínodo Uruguai, no dia 23 de abril, na Assembleia Sinodal, sobre “Edificação de Comunidades, voltado a Formação de Lideranças”.

O palestrante destacou a necessidade e importância das pessoas terem um refúgio onde possam encontrar-se consigo mesmas; possam refletir sobre passado, presente e futuro; o que já foi realizado, o que está sendo feito e as expectativas para o futuro. Este lugar pode ser o nosso quarto, a horta, a chácara, um parque, o templo ou outros lugares. Um espaço onde possamos nos encontrar e sermos encontrados por aquele que diz: “No mundo vocês vão sofrer, mas tenham coragem. Eu venci o mundo”. (Jo. 16.33b). Também disse quando ressuscitou: “E lembrem-se disto: eu estou com vocês todos os dias, até o fim dos tempos”. (Mt. 28.20.b).

Na missão de edificação de comunidades, que é um desafio permanente da igreja de Jesus Cristo, ele apresentou quatro pontos fundamentais:

A formação BÍBLICA, CONFESSIONAL, DIACONAL E MISSIONÁRIA.

É na Palavra de Deus que somos despertados para a fé, consolados, orientados e desafiados a viver em comunhão.

P. Mauro acrescentou, ainda, a relevância da clareza confessional. Somos batizados e caminhamos na convicção da salvação de Deus em Jesus Cristo por meio da fé, a graça revelada nas Sagradas Escrituras.

Diaconia: Fé ativa no amor. Aprendemos com o apóstolo Tiago: “Assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também a fé sem ações está morta”. (Tiago 2.26). Lembrando, também, que essa temática está em sintonia com o convite da Igreja IECLB neste ano de 2022, no tema e lema do ano que diz: AMAR A DEUS E AS PESSOAS. “Não amemos de palavra, nem da boca para fora, mas de fato e de verdade” (1 João. 3.18). Portanto, aí está o desafio de superar o individualismo para viver o amor que serve e acolhe, fé que é testemunho na solidariedade com os sofredores.

Por fim, não menos importante, Souza destacou a importância da missão da igreja. Igreja que não faz missão é alvo da missão de outras propostas de igrejas. Portanto, todas as lideranças tiveram a oportunidade de perceber a tarefa que está diante de nós, que é a EDIFICAÇÃO DE COMUNIDADES — um trabalho permanente que perpassa pela formação bíblica (Palavra de Deus), confessional (os pilares da Reforma), diaconal, (serviço ao próximo) e missão (anunciar as maravilhas de Deus e testemunhar o seu amor).

Encerro pedindo que o Espírito Santo nos inspire para que com sabedoria, paciência, criatividade e amor possamos ser instrumentos da ação de Deus na edificação de Comunidades. Boa semana a todos. Amém.
 


Autor(a): Pastor Ildo Soares dos Santos
Âmbito: IECLB / Sinodo: Uruguai
ID: 67019
MÍDIATECA

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Tenham entre vocês o mesmo modo de pensar que Cristo Jesus tinha.
Filipenses 2.5
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Entrega os seus problemas ao Senhor e Ele o ajudará.
Salmo 55.22
© Copyright 2022 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br